Arquivo da tag: parábola do semeador

6 de junho – A Boa Terra

“Outra ainda caiu em boa terra, germinou, cresceu e deu boa colheita, a trinta, sessenta e até cem por um”. Marcos 4.8

Certa vez quis plantar cenouras e, na minha ansiedade, joguei as sementes sem cuidar direito do pedacinho de terra que tinha. Quando fui colher as cenouras, uma delas havia crescido perto de uma pedra e estava toda deformada. Para meu alívio, as outras que haviam caído na terra limpinha cresceram lindas. Fiquei extasiada! Nada como uma boa terra para receber as sementes e transformá-las em lindos frutos.

Na parábola do semeador, por fim, Jesus narra o que aconteceu com a semente que caiu em uma boa terra. Ela não só cresceu como produziu muitos frutos.

A boa terra aponta corações prontos e receptivos para ouvir a Palavra de Deus. São pessoas com um coração bom e honesto que entendem o que Deus quer e guardam dentro de si com o intuito de colocar em prática. Para elas, entender não basta, querem viver e ser instrumentos na transformação de outras pessoas. Continuar lendo

Publicado em Devocional | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

5 de junho – Semente entre Espinhos

E outra caiu entre espinhos e, crescendo os espinhos, a sufocaram e não deu fruto (…) Outras ainda, como a semente lançada entre espinhos, ouvem a palavra;
mas quando chegam as preocupações desta vida, o engano das riquezas e os anseios por outras coisas, sufocam a palavra, tornando-a infrutífera Marcos 4:7,18,19.

Certa vez me desequilibrei e cai em cima de uma roseira cheia de espinhos. Além de me machucar, os espinhos grudaram na minha roupa, de modo que, machucada, tive que ficar parada até tirar cuidadosamente cada um deles. Nessa parte da parábola do semeador, Jesus se refere a uma semente que caiu entre espinhos e ali foi tentando se desenvolver. Contudo, os espinhos cresceram junto com a plantinha e acabaram por sufocá-la.

Sei que a vida é cheia de espinhos e não é nada fácil enfrentá-los, porque à medida que crescemos, amadurecemos, os espinhos também crescem e, se não soubermos lidar devidamente com eles, poderão nos sufocar. Espinhos nada mais são que preocupações diárias, ambições e anseios por coisas dessa vida. Cada coisa na vida que se torna um obstáculo à aproximação de alguém de Deus e sua comunhão com Ele, será um espinho. Continuar lendo

Publicado em Devocional | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

4 de maio -Sementes em Pedras

Outra caiu no solo pedregoso, onde não havia muita terra: e logo nasceu, porque não tinha terra profunda; 6. mas, saindo o sol, queimou-se; e, porque não tinha raiz, secou-se. Marcos 4 – 5.

O que acontece quando se joga uma semente em um solo cheio de pedras?

A semente pode até desenvolver-se, mas sem raízes profundas. Nascerão e logo não sobreviverão. Suas raízes são superficiais. Quando vem um sol forte ou uma tempestade, a planta não aguenta e morre.

Jesus explica, na parábola do semeador, o que é uma semente lançada em solo pedregoso: Marcos 4 – 16. “Do mesmo modo, aqueles que foram semeados nos lugares pedregosos são os que, ouvindo a palavra, imediatamente com alegria a recebem; 17. mas não têm raiz em si mesmos, antes são de pouca duração; depois, sobrevindo tribulação ou perseguição por causa da palavra, logo se escandalizam”. Continuar lendo

Publicado em Devocional | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

3 de maio -Semente na Superfície

E falou-lhe de muitas coisas por parábolas, dizendo: Eis que o semeador saiu a semear.
E, quando semeava, uma parte da semente caiu ao pé do caminho, e vieram as aves, e comeram-na; Mateus 13:3-4

Jesus frequentemente utilizava parábolas para ilustrar as verdades de Deus a serem ensinadas ao povo ou aos seus discípulos. As parábolas eram muito usadas pelos judeus como instrumento didático, porque ilustrações são facilmente lembradas por quem aprende. Na parábola do semeador, Jesus, por meio da ilustração, demonstra os diversos tipos de sementes e solos com os quais o semeador se depara. Nos próximos dias meditaremos nessa parábola.

Jesus inicia a ilustração falando que um semeador saiu a semear e o primeiro lugar em que jogou a semente, foi a beira do caminho. Aves vieram e a comeram. A figura do semeador representa todo aquele que de alguma forma ensina a Palavra de Deus. Semeadores são os anunciadores das verdades divinas. Cada vez que se abre a boca e profere algum ensinamento bíblico, se está semeando, porque o poder da Palavra é como uma semente mesmo. Ainda que pequena, pode crescer, florescer e tornar-se uma grande árvore. Contudo, a semente será produtiva quando cair em um solo adequado, capaz de fazê-la desenvolver-se. As sementes não produzem sempre os mesmos resultados. Dependem de onde são lançadas e o que acontece depois que são plantadas Uma mesma semente, caindo em diversos tipos de solos, produzirá resultados diferentes. Continuar lendo

Publicado em Devocional | Marcado com , , , , , | 2 Comentários