Arquivo da tag: olhar para jesus

16 de julho – Por cima das ondas

Logo em seguida, Jesus insistiu com os discípulos para que entrassem no barco e fossem adiante dele para o outro lado, enquanto ele despedia a multidão. Tendo despedido a multidão, subiu sozinho a um monte para orar. Ao anoitecer, ele estava ali sozinho, mas o barco já estava a considerável distância da terra, fustigado pelas ondas, porque o vento soprava contra ele. Alta madrugada, Jesus dirigiu-se a eles, andando sobre o mar. Quando o viram andando sobre o mar, ficaram aterrorizados e disseram: “É um fantasma!” E gritaram de medo. Mas Jesus imediatamente lhes disse: “Coragem! Sou eu. Não tenham medo! “Senhor”, disse Pedro, “se és tu, manda-me ir ao teu encontro por sobre as águas”. “Venha”, respondeu ele. Então Pedro saiu do barco, andou sobre a água e foi na direção de Jesus. Mas, quando reparou no vento, ficou com medo e, começando a afundar, gritou: “Senhor, salva-me! “Imediatamente Jesus estendeu a mão e o segurou. E disse: “Homem de pequena fé, porque você duvidou? ” Mateus 14:22-31

Os discípulos andavam com Jesus, mas não o conheciam profundamente. Jesus se revelou para eles de forma incrível. Bastava olhar para Jesus e entender a profundidade de sua existência e reconhecer sua deidade, para que jamais pudesse ter a fé enfraquecida. Continuar lendo

Publicado em Devocional | Marcado com , , , , | 1 Comentário

13 de abril – Para onde está olhando?

Lembro-me bem disso tudo, e a minha alma desfalece dentro de mim. Todavia, lembro-me também do que pode dar-me esperança: Graças ao grande amor do Senhor é que não somos consumidos, pois as suas misericórdias são inesgotáveis. Lamentações 3:20-22

O profeta Jeremias quando olhou suas circunstâncias, as injustiças sofridas, os insultos, os açoites, as prisões por simplesmente atender a um chamado de Deus, e ficou demasiadamente desanimado e deprimido. Não era fácil a sua vida e a tarefa para qual fora designado. Tinha que enfrentar dias terríveis, hostilidades, dúvidas, crises pessoais, perseguição, escárnio. Ele optou por permanecer fiel, mas isso não lhe aliviava o coração.

O que deu refrigério ao coração do profeta foi mudar o seu olhar. Ao invés de olhar para suas aflições e dificuldades pessoais, a Bíblia diz que ele começou a lembrar-se do que podia lhe dar esperança. Isso significa que Jeremias, no ápice de sua tristeza, mudou de posicionamento. Resolveu parar de olhar para as suas amargas circunstâncias e passou a lembrar-se de quem era Deus, da sua bondade, da sua misericórdia, dos seus grandiosos feitos. Continuar lendo

Publicado em Devocional | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário