Missões/Projetos

download (6)Esta página é destinada a divulgação de todos os projetos missionários e pedidos de orações, independente de denominação. Precisamos pregar o evangelho a todo o mundo e vivemos um momento em que precisamos nos unir, divulgar a Palavra e apoiar aqueles que estão na seara. Você também pode divulgar seu trabalho missionário com fotos e objetivos do projeto.  Só escrever para: appbencaosdiarias@gmail.com

Salientamos que as fotos e informações são retiradas dos sites/blogs dos projetos. Para conhecê-los melhor, acesse os endereços abaixo informados.

 

Agências Missionárias

Clique sobre o nome da agência para visitar seu website

Agência Missionária Betel Brasileiro
A Missão de Evangelização Mundial – AMEM
AME – Associação Missão Esperança
AMIDE – Ass. Missionária para Difusão do Evangelho
AMME Evangelizar
APMT – Agência Presbiteriana 
Asas de Socorro
Associação Transcultural Evangélica – ATE
APEC – Aliança Pró Evangelização de Crianças
AVANTE – Missão Evangélica Transcultural
CCI Brasil
CEM e INTERSERVE
CIBI – Convenção das Igrejas Batistas Independentes
Instituto Antropos
JAMI – Junta Administrativa de Missões da CBN
Jovens da Verdade
Junta de Missões Mundiais – JMM
JMN – Junta de Missões Nacionais 
JOCUM – Jovens Com Uma Missão
MEAP – Missão Evangélica de Assist. aos Pescadores
MICEB- Missão Cristã Evangélica do Brasil
Missão Antioquia
Missão ALEM
Missão Betânia
Missão Cristianismo Decidido
Missão Aliança Evangélica do Brasil – MAEB
Missão Evangélica Unida
Missão Evangélica aos Índios do Brasil – MEIB
Missão Evangélica da Amazônia – MEVA
Missão Horizontes
Missão Para o Interior da África – MIAF
MISPA – Missão Priscila e Áquila
Missão Kairós
Missão Novas Tribos do Brasil
Missão Transcultural Etnia e AJUDA
Missão Portas Abertas
Operação Mobilização
Pioneiros
PMI Brasil
Pronasce
SEPAL – Servindo aos Pastores e Líderes
SIM Brasil
SEMIPA – Semeadores Mission. com Paixão pelas Almas

 

 

 

 

 

A Cristolândia é um programa permanente de prevenção, recuperação e assistência a dependentes químicos e codependentes, que busca a transformação destas vidas por meio do Evangelho de Jesus Cristo, para que sejam livres do vício e aptas a reinserção social e familiar.
Nossa Visão
Ser um lugar de esperança para os que vivem em locais de grande concentração de uso de drogas – as cracolândias, prestando assistência social aos dependentes químicos e codependentes e levando a mensagem transformadora do Evangelho de Jesus Cristo.

https://www.cristolandia.org/

Ajude a Missão Vida!!!!

missao-vida1

OLÁ PESSOAL.

A Missão Vida é um dos projetos que mais amo. Em meio a essa crise, muitas pessoas deixaram de colaborar com a missão. No entanto, nada é mias precioso do que ver vidas saindo da sarjeta, pessoas retomando a sua dignidade, sendo tratadas e principalmente, sendo regeneradas por Jesus. Tive uma vez oportunidade de ouvir o Rev. Wildo dos Anjos na Primeira Igreja Batista de Santo André. Apaixonei-me pelo projeto e de lá para cá nunca mais conseguir não ser uma das ajudadoras. Outro dia li em uma carta do Reverendo a dificuldade em encontrar igrejas que abram as portas para apresentação da Missão Vida. Olha, creio que se assistirem um vídeo em que mostra um coral de ex-moradores de rua, todos limpos, vestidos, resgatados da morte, cantando para Deus, não aguentarão de tanta emoção.
Quando saio com minha filha, sobrinhos e família, percebo o quanto está caro fazer um lanche em um shopping ou restaurante. Quer ver outra coisa. Vá a uma perfumaria e veja os preços de cosméticos e shampoos. Ninguém fica sem comprar, mas quando se trata de ajudar a resgatar vidas da morte, há muitos que dizem não ter condições de ajudar. Quero hoje pedir que visitem a página da Missão Vida (http://www.mvida.org.br/) , veja os projetos lindos e, se possível, contribuam com esse trabalho. Há pessoas doando-se e lutando para que ele jamais acabe. o Reverendo Wildo, esse homem de Deus, é um deles. Fale com seu líder para que convide esse homem de Deus para ir em sua igreja apresentar o projeto. É maravilhoso. Visite a página de Missões e Projetos aqui no Blog e lá encontrará mais informações sobre a Missão Vida.

Segue abaixo a carta que recebi da Missão essa semana!

 



marca_site
Pedido de Oração Urgente

 

1 – Louve a Deus pela vida bonita e frutífera do Rev. Elben Lenz César, fundador da Revista Ultimato,

que partiu para a eternidade nos braços do Pai, no último dia 06 de outubro/16; continue orando pela

sua família, especialmente pela sua esposa D. Djanira, que é bastante idosa e vive dias difíceis. Para que estes amados irmãos sejam consolados pela ação do Espírito Santo.
2 – Interceda neste momento por uma situação que estaremos vivendo de hoje 19/10 a sábado 22/10/16 na Missão Vida em Cocalzinho. O motivo está relacionado à terra onde os internos desenvolve e desenvolverão atividades ocupacionais.

 
3 – Peça a Deus pelas finanças da Missão Vida que caíram 36% de janeiro a agosto/16. Ore por cada um dos mantenedores que se mantém fiéis e também por aqueles que aparam de contribuir.
Meu irmão(ã) esta é uma oportunidade que Deus está te dando de participar efetivamente de situações que se constituem uma batalha espiritual. Segundo a Bíblia em I Coríntios 2:14 as coisas espirituais se discernem espiritualmente: “Ora, o homem natural não aceita as coisas do Espírito de Deus, porque lhe são loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente.”
Com toda minha gratidão,
 
Rev. Wildo dos Anjos
Presidente e fundador da Missão Vida

 


CONHECENDO NOVAS AGÊNCIAS

03.12.2015.

Postei hoje mais três trabalhos missionários: Capelania Hospitalar, Missão Novas Tribos e AMEM. São trabalhos distintos, campos totalmente diferentes, mas maravilhosos. Leiam, orem, contribuam e divulguem esses trabalhos.

 

simbolo_aceh2.png

ACEH

Associação de Capelania Evangélica Hospitalar

http://capelaniahospitalar.org.br/

O QUE É CAPELANIA HOSPITALAR?

O ministério de Capelania Hospitalar consiste na assistência espiritual diária e voluntária aos enfermos, hospitalizados ou não, mediante a aplicação do conforto da Palavra de Deus, sem preconceito de raça, cor ou religião.O atendimento da Capelania é diário, oferecido ao paciente internado, em ambulatório e em hospital e também aos seus familiares. O serviço é estendido aos profissionais da saúde e funcionários que o desejarem.

  •  

    Quem somos

    Fazemos o trabalho no hospital com todo o coração, pois é para o Senhor. Por esta mesma razão esse trabalho precisa ser realizado com competência. Fazer com competência significa que é necessário um treinamento que realmente prepare o servo ou serva de Deus para que atue em um campo missionário totalmente distinto: o hospital.

  • Missão

    Ser a melhor referência brasileira em Capelania Hospitalar Evangélica.

  • Visão

    Glorificar a Deus através de um ministério de excelência na: Capacitação de visitadores e capelães hospitalares; Organização e consultoria para capelanias hospitalares; Organização de cursos, seminários e congressos sobre capelania e espiritualidade em saúde; Publicação de livros e folhetos com temas específicos.

    A Capelania Hospitalar está vendendo livros infantis cristãos especiais de colorir, 3D, com quebra-cabeças, com imãs, etc… são ótimas opções para presentear as crianças ou para uso com grupos de crianças de sua igreja!
    E mais do que isso!
    Ao comprar um livro, você estará ajudando a Capelania Hospitalar a doar um outro exemplar para uma criança internada no hospital ou atendida na Casa do Aconchego!
    Assim, você estará oferecendo os ensinamentos da Bíblia a crianças próximas de você e também àquelas em tratamento de saúde!
    Entre em contato: (11) 2507-9294

    INFORMAÇÕES: http://capelaniahospitalar.org.br/cursos/curso-de-capelania-hospitalar-n%C3%ADvel-i.html

logo.png

http://www.novastribosdobrasil.org.br/

Há 60 anos servindo a causa missionária brasileira.

Fundada em 1953, é uma agência missionária de fé, de caráter indenominacional, fundamental em sua doutrina, formada de crentes dedicados cujo objetivo é alcançar grupos minoritários com o Evangelho de Cristo, e prestar assistência “integral” nas áreas de saúde, educação e desenvolvimento comunitário.

“Se pudéssemos chegar mais perto do coração de Jesus, sentir e perceber o motivo pelo qual Ele deu a Sua vida; se fôssemos dirigidos por Seu amor, daríamos todo nosso tempo à procura das coisas que tem valor real e eternas, as almas dos homens”.

Paul Fleming (1944)

Fundador da New Tribes Mission nos E.U.A.

A Missão Novas Tribos do Brasil está atuando diretamente em 47etnias

das mais de 340 etnias existentes.

Apinajé – TO Kaingang – RS Nyengatu – AM
Arara – AC Kambiwá – PE Pacaas Novos – RO
Arawetê – PA Kanamari – AM Pankararé – BA
Asheninka – AC Kapinawá – PE Pataxó – BA
Atalaia do Norte – AM Karajá – MT Sateré-Mawé -AM
Baniwa/Kuripako – AM Kariri-Xocó – AL Tapeba – CE
Deni – AM Katukina – AC Tapirapé – MT
Fulni-ô – PE Kaxinawá – AC Tapuya – GO
Gavião – MA Kaxuyana – PA Tremembé – CE
Gavião – RO Krahô – TO Tuxá – BA
Guarani – MS Kulina – AM Waiãpi – AP
Guarani – RS Mamaindê – MT Wanano – AM
Hixkariana – AM Manchineri – AC Xucuru – PE
Jamamadi – AM Marubo – AM Yanomami – AM
Javaé – TO Maxacali – MG Zoró – RO
Ka´apor – MA Mayoruna – AM

Atualmente a Missão Novas Tribos do Brasil conta com a participação de 467 missionários.

Os quais desenvolvem seus ministérios nas seguintes áreas de atuação:

  • Tribos
  • Bases de Apoio
  • Sedes da MNTB
  • Consultoria
  • Centros de Treinamentos
  • Promotores

Todos focados com o mesmo objetivo, fazer o Senhor Jesus Cristo conhecido pelos povos.

Anime e desafie sua igreja a orar e contribuir com um destes missionários.

 

Em relação ao evangelho as tribos indígenas são classificadas da seguinte forma:

72 não alcançadas, 46 alcançadas só por Missões Católicas, 4 alcançadas só por Leigos,2 alcançadas só com Tradução, 75 alcançadas satisfatoriamente, 8 alcançadas e com Liderança Autóctone, 9 com situação indeterminada, 118 sem presença missionária evangélica.

A realidade a respeito desta centena de tribos brasileiras não alcançadas envolve línguas complexas, lugares inacessíveis, possibilidade de embates tribais, enfermidades, isolamento e especialmente restrições legais. É preciso sentar e calcular o preço da construção da torre.

Ronaldo Lidório

Quero ser Missionário

Deus tem chamado você para cumprir o Ide do Senhor Jesus Cristo?

Você sabe qual é o Alvo da Grande Comissão?

Em Mateus 28.19-20 responde nossa pergunta.

Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-os a observar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos.

O alvo da Grande Comissão e da Missão Novas Tribos do Brasil é fazer discípulos de todas as nações.

O coração da Grande Comissão é “fazer discípulos”.

Lembre-se branco estão os campos, todos em redor. Tem que ser ceifados eis a ordem do Senhor.

Os campos só serão ceifados com o despertar de obreiros que atendam ao chamado de Deus.

Para você que tem despertado para o chamado de Deus, a Missão Novas Tribos do Brasil dispõe detreinamento especifico que ira capacitá-lo para a Obra Missionária Transcultural. LEIA MAIS

http://www.novastribosdobrasil.org.br/cursos/quero-ser-missionario

Como enviar sua oferta: http://www.novastribosdobrasil.org.br/cursos/doacao

 

weclogo.png

 http://www.wecbrasil.com/

Jesus disse que “o evangelho do Reino será pregado por todo o mundo, para testemunho a todas as nações e então virá o fim.” (Mt 24.14) . Nós da AMEM desejamos ver a volta do Senhor Jesus, e também que todos os grupos étnicos O conheçam como Salvador. Que o seu coração seja desafiado e aquecido a fazer alguma coisa por aqueles que nada ouviram.

Para servir a igreja brasileira e em cooperação com a mesma cumprir a grande comissão (Mt 28. 18-20; At 1.8), recrutando, treinando, enviando e pastore-ando os vocaciona-dos.

A AMEM faz uma pequena diferença entre CAMPO e BASE. Por CAMPO, entende-se o local de trabalho onde o missionário está presente com o intuito de alcançar pessoas para Jesus.

Por BASE, entende-se a estrutura montada pela AMEM com o intuito de enviar os missionários para seus respectivos campos. Por isso esta estrutura é conhecida como Base de Envio.

Geralmente, uma Base de Envio é estabelecida em países onde a Igreja não tem mais necessidade de receber missionários estrangeiros. No entanto, em alguns países existem uma Base de Envio e também um Campo estabelecido, como é o caso da França e do próprio Brasil. Quando isto acontece, a tendência é existir dois corpos de liderança independentes.

Para cumprir o seu papel, a Base de Envio trabalha com o recrutamento e seleção, envio e pastoreio de seus missionários, divulgação de sua visão e trabalhos, repasse das ofertas recebidas e treinamento de novos missionários.

E-mail: relacoespublicas@wecbrasil.com.br

 Quem são os menos evangelizados no Brasil

fonte: http://www.ultimato.com.br/conteudo/quem-sao-os-menos-evangelizados-no-brasil

Deus chamou toda a Igreja para proclamar todo o Evangelho em todo o mundo. Há ainda mais de 2.000 povos no mundo sem o conhecimento do Evangelho, cerca de 3.000 línguas sem um verso bíblico em seu idioma e 2 bilhões de pessoas que não conhecem o Senhor Jesus.

No Brasil há oito segmentos reconhecidamente menos evangelizados, sendo sete socioculturais e um socioeconômico.

1. Indígenas
Com 117 etnias sem presença missionária e sem o conhecimento do Evangelho1. Estas etnias, com pouco ou nenhum conhecimento de Cristo, espalham-se por todo o Brasil com forte concentração no Norte e Nordeste2.

2. Ribeirinhos
Na bacia amazônica há 37.000 comunidades ribeirinhas3 ao longo de centenas de rios e igarapés. As pesquisas mais recentes apontam a ausência de igrejas evangélicas em cerca de 10.000 dessas comunidades.

3. Ciganos (sobretudo da etnia Calon)
Há cerca de 700.000 Ciganos Calon no Brasil5 e apenas 1.000 se declaram crentes no Senhor Jesus. Os Ciganos espalham-se por todo o território nacional nas grandes e pequenas cidades, vivendo em comunidades nômades, seminômades ou sedentárias.

4. Sertanejos
Louvamos a Deus por tudo que tem ocorrido no Sertão nos últimos 10 anos – centenas de assentamentos sertanejos evangelizados e muitas igrejas plantadas. Há, porém, ainda 6.000 assentamentos sem a presença de uma igreja evangélica.

5. Quilombolas
Formados por comunidades de afrodescendentes que se alojaram em áreas mais ou menos remotas nos últimos 200 anos. Há possivelmente 5.000 comunidades quilombolas no Brasil, sendo 3.524 oficialmente reconhecidas7. Estima-se que 2.000 ainda permaneçam sem a presença de uma igreja evangélica.

6. Imigrantes
Há mais de 100 países bem representados no Brasil por meio de imigrantes de longo prazo com uma população de quase 300.000 pessoas. Dentre esses, 27 são de países onde não há plena liberdade para o envio missionário ou pregação do Evangelho. Ou seja, dificilmente conseguiríamos enviar missionários para diversos países que estão bem representados entre nós, sobretudo em São Paulo, Brasília, Foz do Iguaçu e Rio de Janeiro.

7. Surdos, com limitações de comunicação
Há mais de 9 milhões de pessoas nesta categoria em nosso país e menos de 1% se declara crente no Senhor Jesus. Há pouquíssimas ações missionárias especificamente direcionadas para os surdos em todo o território nacional.

8. Os mais ricos dos ricos e os mais pobres dos pobres
O oitavo segmento não é sociocultural como os demais, mas socioeconômico. Divide-se em dois extremos: os mais ricos dos ricos e os mais pobres dos pobres. As últimas pesquisas nacionais demonstram que a presença evangélica é expressiva nas escalas socioeconômicas que se encontram entre os dois pontos, porém sensivelmente menor nos extremos. Em alguns Estados brasileiros há três vezes menos evangélicos entre os mais ricos e os mais pobres do que nos demais segmentos socioeconômicos.

A Igreja de Cristo foi chamada para ser sal da terra e luz do mundo onde estiver e por onde passar (Mt 28.19). Foi-lhe entregue também um critério de prioridade nas ações evangelizadoras: onde Cristo não foi anunciado (Rm 15.20). É, portanto, momento de orar pelo mundo sem Cristo, por a mão no arado e não olhar para trás.

Notas:
1. Departamento de Assuntos Indígenas da Associação de Missões Transculturais do Brasil (DAI/AMTB).
2. Há 32 etnias indígenas no Nordeste ainda sem presença missionária, segundo pesquisa da Aliança Evangélica Indígenas do Nordeste e AMTB.
3. Reconhecidas pelo IBGE 2012.
4. Projeto Fronteiras – pesquisa entre comunidades tradicionais da Amazônia – dados parciais 2014. Associação Evangélica Pró Ribeirinhos do Brasil.
5. Missão Amigos dos Ciganos – Dados 2014. Associação Evangélica Pró Ciganos do Nordeste
6. Missão JUVEP – Dados 2014.
7. Fundação Palmares.
8. Os dados são parciais. Pesquisa em andamento pela Associação Evangélica Pró Quilombolas do Brasil.
9. IBGE 2012: 268.201 imigrantes no Brasil.
10. IBGE 2014.
11. IBGE 2010, 2012 e 2014.
12. Projeção de dados quantitativos por categoria socioeconômica.




CONHEÇA SOBRE AS AGÊNCIAS MISSIONÁRIAS

AGÊNCIAS/PROJETOS MISSIONÁRIOS

MISSÕES URBANAS – http://www.missoesurbanas.com/c2464b88d11dce66259278c6

Visão

Alcançar pessoas das mais variadas classes sociais com a mensagem do Evangelho do Reino. Utilizar todos os recursos disponíveis para que cada ser humano que esteja ao nosso alcance tenha uma experiência sobrenatural com Deus através da pessoa de Jesus Cristo.

Missão 

Mas eu não dou valor à minha própria vida. O importante é que eu complete a minha missão e termine o trabalho que o Senhor Jesus me deu para fazer. E a missão é esta: anunciar a boa notícia da graça de Deus. (At 20.24)

Trabalhar Para Alcançar Pessoas. Treinar cristãos para que sejam verdadeiras testemunhas. Preparar e mobilizar pessoas para que desenvolvam um ministério pessoal eficaz e juntos possamos anunciar a boa notícia.

Nosso alvo é servir: levar pessoas para Cristo e também para comunhão com a igreja!

rsz_100_8911 1.jpg

EVANGELIZAÇÃO URBANA

A EVANGELIZAÇÃO é uma comunicação que visa despertar a fé e o arrependimento para que gere a conversão das pessoas.

READ MORE

DESAFIO DAS CIDADES

A medida que a população cresce e se desenvolve, os desafios aumentam no que se refere a evangelização urbana.

READ MORE

CRIANÇAS O FUTURO DA IGREJA

Sempre ouvimos dizer que as crianças são o futuro da igreja. Na verdade, elas não só são o futuro como também o presente.

READ MORE

MULTICULTURAS URBANAS

No passado, as cidades foram criadas com o objetivo de dar segurança aos seus habitantes, eram cercadas por muros e fortificadas.

READ MORE

logo_cabeçaçho_JUVEP.png

Projeto Missionário

Em 1982 o Ministério Juvep realizou o seu primeiro Projeto Missionário na cidade de Jacaraú, situada na zona do litoral paraibano distante 87 km da capital do Estado, João Pessoa. Este primeiro Projeto tinha como objetivo plantar uma igreja e foi realizado com uma equipe de quinze jovens por dez dias.

Após esta experiência, amadurecidos com a análise do trabalho, percebemos a grande necessidade do interior nordestino, cujas cidades vivem sob uma carência espiritual deprimente, resultado da pouca ou nenhuma assistência espiritual que recebiam à época.

Orientados por Deus, realizamos uma exaustiva pesquisa envolvendo todo o Estado da Paraíba no objetivo de levantar o seu perfil religioso. Detectamos, então, o que procurávamos: as cidades mais carentes do evangelho e, principalmente, aquelas desprovidas de qualquer trabalho evangélico. Encontramos desta forma, as cidades sem evangelho em todo o estado da Paraíba, que estavam à nossa espera, sendo que a maioria absoluta situava-se no sertão, região mais pobre e idólatra.

Nasceram a partir daí, os Projetos Missionários atuais, direcionados às cidades sem evangelho com o objetivo de alcançar populações ainda não alcançadas para abertura de campos missionários e, conseqüentemente, de igrejas pioneiras. Para não edificar sobre fundamento alheio; antes, como está escrito: Hão de vê-lo aqueles que não tiveram notícia dEle, e compreendê-Lo os que nada tinham ouvido a Seu respeito, Romanos 15.20,21.

Uma característica dos Projetos Missionários é a mobilização de diversas igrejas evangélicas do Brasil para apoiar de forma concreta os citados Projetos, movidos pela visão missionária de alcançar e abençoar uma cidade sertaneja com o Evangelho de Cristo. Forma-se, portanto, uma grande frente evangelística da qual participam igrejas das mais diferentes denominações que dão apoio e retaguarda no envio das Equipes Missionárias, formadas por voluntários vindos de várias partes do país. Portanto, é permanente o nosso sentimento de gratidão a Deus pela vida da liderança pastoral do nosso país.

http://juvep.com.br/v2/

EXÉRCITO DA SALVAÇÃO

 Retiramos Doações Ligue 4003 2299foto_o_que2.jpg

O Exército de Salvação é uma organização cristã internacional, fundada em 1865 e presente no Brasil desde 1922 que tem como missão pregar o Evangelho de Jesus Cristo e suprir as necessidades humanas em Seu nome sem discriminação.

O ministério cristão, baseado no conceito “sopa, sabão e salvação”, começou a suprir as necessidades espirituais e físicas que afligiam milhares de homens, mulheres e crianças da época. O movimento cresceu rapidamente, organizou-se e hoje atua em 126 países, pregando a palavra de Deus em mais de 175 idiomas, aliando seu trabalho evangelístico a um cunho social intenso.

O Exército de Salvação tem trabalhado intensamente para servir à humanidade sofredora. Através de seus centros de atendimento social, de suas igrejas e de ações emergenciais como o apoio às vítimas da Guerra do Iraque, aos desabrigados de desastres naturais como o Furacão Katrina nos Estados Unidos e o Tsunami na Àsia e programas de apoio aos portadores da AIDS no continente africano, a instituição tem aliviado o sofrimento de milhares de pessoas ao redor do mundo.

No mundo possui:

15.765 igrejas
10.721 programas de desenvolvimento comunitário
421 albergues para desabrigados
204 residências de reabilitação
221 casas para crianças
152 casas para idosos
50 casas para Mãe e bebê
61 refúgios
626 creches
55 Centros de reabilitação – não residenciais
65 projetos de serviços às forças armadas
187 programas de desastres/emergências
21 hospitais

No Brasil possui:

46 igrejas
4 centros de educação infantil
1 serviço de acolhimento institucional
11 centros para crianças, adolescentes e juventude
1 casa para idosos

FAÇA SUA DOAÇÃO

Caixa do BemRetiramos doações de roupas, livros, brinquedos, móveis em bom estado, sapatos e outros objetos.

Atendemos São Paulo, Rio de Janeiro, Joinville, Osasco, Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Barueri, Santos e São Vicente. Para outras cidades, consulte-nos.

Todos os objetos recebidos pelo Exército de Salvação são encaminhados para nossos bazares beneficentes.

Como doar

visite a página do Exército da Salvação:

http://www.exercitodoacoes.org.br/





JOCUM

http://www.jocum.org.br/

logo40.png

Desde a fundação de Jovens Com Uma Missão (JOCUM), em 1960, por Loren e Darlene Cunningham, temos visto milhares de pessoas ao redor do mundo envolverem-se no cumprimento da ordem de Jesus:

“Ide por todo mundo e pregai o evangelho a toda criatura” (Marcos 16:15)

Jovens Com Uma Missão é uma Missão internacional e interdenominacional, empenhada na mobilização de jovens de todas as nações para a obra missionária.

Como cidadãos do Reino de Deus, somos chamados para amar, adorar e obedecer ao Senhor Jesus Cristo, para amar e servir seu corpo, a Igreja, e apresentar todo o evangelho, à todo o homem, por todo o mundo.

Cremos que a Bíblia é a Palavra de Deus e  regra de fé e prática pela qual devemos nos posicionar.

NOTÍCIA

dreamstime_xl_43003717-1170x780.jpg

Foi noticiado que um grupo de extremistas hindus ordenou a todos os missionários estrangeiros a que saiam do Nepal, após uma série de ataques a igrejas nas semanas recentes. Sob a acusação de “corromperem o país”,  cristãos enfrentam uma situação de tensão, enquanto uma constituição recém-aprovada proíbe a prática do chamado proselitismo, qualquer forma de persuasão visando conversão de pessoas a uma outra religião.

A agência International Christian Concern afirmou na quinta-feira que o grupo radical Hindu Morcha Nepal distribuiu folhetos advertindo missionários a abandonarem o país, apesar da declaração governamental de que o Nepal é um estado secular. Os folhetos diziam: “A influência estrangeira manipula as decisões do governo” e “os cristãos corromperam o país”, de acordo com um relatório na Fides News Agency.

Fontes do relatório da Fides relatam que apesar destas advertências, “os cristãos continuarão sua missão de diálogo e proclamação do Evangelho da caridade para todos.

Charisma News noticiou que duas igrejas na região ao extremo leste, conhecida como Jhapa foram bombardeadas no dia 14 de Setembro, algumas horas depois que a Assembléia Constituinte indeferiu os pedidos de retorno do país a condição de um Estado oficialmente Hindu.

Os culpados pelo ataque foram detidos, todavia extremistas continuam com as ameaças para que os missionários Cristãos deixem o país.

“De hoje em diante, a Morcha declara o Nepal como uma nação Hindu, livre do cristianismo. Nós alertamos a todos os líderes cristãos religiosos que deixem o Nepal, e instruam àqueles que se converteram ao Cristianismo para que voltem ao lar (se convertam de volta ao Hinduísmo).”, afirma a declaração do grupo radical Hindu.

Os cristãos correspondem a apenas 1,4% da população, segundo estatísticas, enquanto 81,3% dos 31 milhões de habitantes se identificam como Hindus. O ex-reino Hindu passou por uma guerra civil de 10 anos que derrubou a monarquia em 2008.

A agência Christian Sodality Worldwide fez uma declaração em Setembro contra a seção 26 da nova constituição, que torna ilegal e sujeito a punição por lei, “qualquer ação para converter outra pessoa de uma religião para outra ou qualquer ato ou comportamento visando prejudicar a religião de outrem”.
A agência acrescenta que a lei “não permite que haja liberdade de escolha de fé, não enxergando isso como uma escolha individual positiva ou como uma questão de direitos individuais, conforme é requerido pelos tratados internacionais os quais o Nepal já assinou e ratificou.”

Num artigo em 29 de Setembro, a agência Mission Network News – MNN, afirma que Cristãos Nepaleses precisam das orações do corpo de Cristo ao redor do mundo. Destaca também o fato de que a nova constituição dividiu o país em sete estados federativos com legislações próprias. Mudança esta, que levou várias minorias étnicas a protestos, compartilhando o temor de que receberão pouca proteção sendo ainda mais marginalizados.

MNN ainda convida cristãos ao redor do mundo a orar: pelo governo do Nepal; por sabedoria para os líderes do país; pelo povo Nepalês; e especialmente pelos cristãos nepaleses a medida que continuam a praticar sua fé, mesmo sob difíceis circunstâncias.



JUNTA DE MISSÕES MUNDIAIS

logotipo_jmm.jpg

http://missoesmundiais.com.br/

A Junta de Missões Mundiais (JMM) é uma organização missionária da Convenção Batista Brasileira, com atuação em mais de 85 países. Criada em 1907, nosso trabalho consiste na expansão do Reino de Deus além das fronteiras do Brasil, no despertamento e preparo de vocacionados para missões, dentre muitas outras ações que contribuem para a proclamação do evangelho no mundo. Nossos projetos contribuem especificamente com quatro áreas de desenvolvimento humano:  A luta contra a pobreza e a fome; Educação; Saúde; e Desenvolvimento comunitário. Participe conosco da transformação do mundo.

cartaz_oficial_300dpi_RGB4 (1).jpg

Oferta do Dia Especial

Durante o período da Campanha de Missões Mundiais, igrejas convocam seus membros a contribuírem numa data especial. Essa data denominamos Dia Especial.

Saiba Mais


Oferta voluntária

Enquanto navega pelo site de Missões Mundiais, qualquer um pode fazer uma oferta voluntária em prol de um projeto ou sustento de um missionário.

Saiba Mais


Programa de Adoção Missionária – PAM

A Parceria na Ação Missionária é um meio através do qual igrejas, empresas e os crentes podem sustentar missionários em várias partes do mundo com suas ofertas.

Saiba Mais





 

MISSÕES PORTAS ABERTAS

logo-br

https://www.portasabertas.org.br/

Portas Abertas ou Open Doors é uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países onde existe algum tipo de proibição, condenação, execução ou ameaça à vida das pessoas ou à sua liberdade de crer e cultuar Jesus Cristo.”

Árabes buscam valores cristãos através de mídias sociais

Um dos projetos de mídia social da Portas Abertas está disponibilizando conteúdos que falam a respeito de valores familiares, instruindo as famílias árabes sobre como os pais podem educar seus filhos debaixo da vontade de Deus, com instruções bíblicas.

De acordo com um analista de perseguição da Portas Abertas, uma das visitantes da página na internet deixou o seguinte comentário: “Gosto de visitar essa página porque tudo o que postam faz diferença em minha vida, além de ajudar muito em meu crescimento espiritual”.

“A visitante passou a compartilhar mensagens e histórias, interagindo com a equipe e passou também a estimular discussões sobre diversos temas com seus amigos. E em meio às dificuldades que o povo iraquiano vem enfrentando, ela está fazendo uma grande diferença, levando ânimo e esperança através da palavra de Deus”, diz o analista.

Segundo ele, outros visitantes demonstram sua solidão e desespero, através de comentários, e deixam mensagens comoventes, mostrando que buscar a Jesus nas dificuldades traz um resultado realmente notável e pode mudar completamente suas vidas. “A página estimula as pessoas à leitura bíblica, oferece um amor ‘virtual’ mas eficaz, que dá segurança às pessoas mesmo diante da realidade cruel em que se encontram. Jesus está sempre online e a conexão com ele nunca falha”, finaliza um dos organizadores do projeto.

Pedidos de Oração

  1.  Louve a Deus pelas oportunidades de ministração da palavra, através da internet e mídias sociais, no Oriente Médio.
  2. Ore pela equipe de desenvolvimento, para que não lhes falte novas iniciativas para alcançar os iraquianos.
  3. Ore por todas as pessoas que se conectam com a página da Portas Abertas, para que tenham sua visão espiritual ampliada e para que encontrem as respostas em Cristo, para os seus mais diversos questionamentos.

Doações para Portas Abertas

  1.  



MISSÃO CENA

download (7)

http://missaocena.com.br/

“Uma missão interdenominacional que tem por objetivo alcançar as pessoas que vivem na “boca do lixo” com o evangelho de Cristo desde 1987.

A Missão CENA atende a população em situação de rua, crianças em situação de risco, travestis, garotas de programa, albergados (no inverno), presta atendimento jurídico e grupo de apoio para dependentes químico na base da missão que está localizada no centro de São Paulo, área conhecida como ”Cracolândia”.

Na área de esportes trabalham com futebol feminino, masculino, jiu-jitsu, hockey e vôlei com crianças e adolescentes.

Na Fazenda Nova Aurora eles tem adultos, homens e mulheres em fase de recuperação, e só não há mais pessoas por falta de pessoas dedicadas a este ministério.

Na casa família em Ermelino Matarazzo moram várias pessoas em processo de reintegração.

Na creche, desde 2009, a creche oferece educação infantil de qualidade, baseada em princípios bíblicos. Buscando quebrar o ciclo de prostituição, drogas e pobreza.

O trabalho da Missão CENA é hoje um dos mais completos em termos de resgate, recuperação e reintegração de pessoas excluídas da sociedade, isso devido a pessoas que deram suas vidas pelo trabalho e a experiência que algumas dessas pessoas tiveram ao perseverar sonhando com os frutos futuros, os quais vieram, sem dúvida e graças única e exclusivamente a Deus.”

Saiba mais: http://missaocena.com.br/

http://missaocena.com.br/blog/

palhaco-prostibulo-533x420 (1)

Um palhaço no prostíbulo

Quem poderia imaginar um palhaço visitando um prostíbulo? Eu e o pessoal da Missão CENA. Foi uma visita onde pudemos distribuir rosas pelo dia das mães, sorrisos e fazer amizades instantâneas em meio aquele caos organizado. Acima de tudo, viver e compartilhar a alegria do meu palhaço, por alguns segundos, com aquelas mulheres que estavam com ou, quase, sem roupa. Fui abençoar e fui muito abençoado. No último andar encontrei uma moça e logo perguntei: Qual seu nome? Ela respondeu se eu queria saber o verdadeiro ou o falso. Os dois. Era ***** e ali era Iasmin. Ela me fez a mesma pergunta e eu respondi igual: O verdadeiro ou o falso? Os dois. É Alexandre e naquela hora era Cajuíno Castanho. Além de nós, eu tive a certeza que Jesus estava ali também.

Contribua com a Missão Cena

Banco: Bradesco

Agência: 0478-2

Conta Corrente: 37676-0

CNPJ: 66.661.398/0001-15





 

MISSÃO VIDA

download (8)

A Missão Vida, primeiro Centro de Recuperação de Mendigos do Brasil, foi fundada em 1983, por Wildo Gomes dos Anjos.

O projeto é fruto da amizade entre um morador de rua e um jovem de 13 anos, que tocado pela realidade vivida pelo amigo, decidiu ajudar todos aqueles que se encontram sob as mesmas condições. Foi então, que Wildo organizou um trabalho de evangelismo e distribuição de sopa para os mendigos da cidade. No entanto, a atitude não satisfez nenhuma das partes. “É muito fácil falar do amor de Deus, se ao sair daqui, você vai para sua casa, dormir na sua cama quentinha”, este comentário, feito por uma das pessoas ajudadas pelo jovem, o encorajou a lutar por outras melhorias.

Wildo buscou instituições que abrigassem moradores de rua, porém descobriu que elas não existiam. Então, usou seu salário para pagar hospedagens em pensões e novamente, encontrou mais um obstáculo: o preconceito.

Em oração ele pedia: “Senhor, se você ama mesmo estas pessoas e se preocupa com elas, use minha vida para ajudá-las.” E assim foi feito. Usando o dinheiro que economizava para a compra de um carro e a ajuda da mão-de-obra de ex- moradores de rua, juntos construíram um local que comportava 12 pessoas. No início, os recursos eram poucos e não havia ajuda. Entretanto, a fé prevaleceu e Deus cumpriu suas promessas. Parceiros se uniram ao fundador e o projeto se concretizou.

Atualmente, a Missão Vida também desenvolve atividades voltadas para a população carente e está presente em: Anápolis, Brasília, Uberlândia, Camaçari, Governador Valadares, Saquarema e Londrina.

banner2

CR DE COCALZINHO/GO

Cercado pela tranquilidade da natureza, o Centro de Recuperação de Cocalzinho/GO, reúne tudo o que é necessário para deixar os internos à vontade.

“Queremos que eles sintam-se em casa e não vejam o processo de recuperação, como algo doloroso e punitivo. Limpeza, organização, uma cama limpa e comida boa, são fundamentais para ajudá-los neste período de reconstrução pessoal”, comenta o presidente e fundador da instituição, Rev. Wildo dos Anjos.

Inaugurado em maio de 2004, este é o maior núcleo da Missão Vida e tem capacidade para receber 240 pessoas. Lá elas permanecem por cerca de cinco meses e recebem atendimentos odontológicos e ambulatoriais quando necessário.

As terapias desenvolvidas são bem variadas, como: manutenções gerais, plantações, cuidado com animais, artesanatos, serralheria, construção civil, padaria e outras mais.

OS NÚMEROS FALAM

(ÚLTIMOS QUATRO ANOS)
> 2.935.210 REFEIÇÕES SERVIDAS;
> 56.762 PROCEDIMENTOS MÉDICOS;
> 193.004 MEDICAMENTOS DOADOS SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA;
> 160 EX-MENDIGOS FORMADOS PELO INSTITUTO BÍBLICO PALAVRA E VIDA;

saiba mais http://www.mvida.org.br/

Dados para contribuição:
Bradesco, Ag.: 0240-2, C.C.: 0055578-9




ASAS DO SOCORRO

ASAS DE SOCORRO TRABALHA NA AMAZÔNIA HÁ MAIS DE 60 ANOS. E COM SUA AJUDA 
VAI CONTINUAR A AJUDAR MILHARES DE FAMÍLIAS
banner-index-1_716pky8k
PROMOVEMOS O 
DESENVOLVIMENTO 
INTEGRAL ATRAVÉS 
DE SETE ÁREAS 
DE ATUAÇÃO: 
  • APOIO LOGÍSTICO DE TRANSPORTE AÉREO E DE SUPERFÍCIE
  • MOBILIZAÇÃO DE VOLUNTÁRIOS
  • SAÚDE E SANEAMENTO
  • DEFESA DOS DIREITOS
  • CUIDADO ESPIRITUAL
  • EDUCAÇÃO
  • PARCERIAS
ASAS DE SOCORRO LEVA APOIO E FILTROS BIOATIVOS PARA OS RIBEIRINHOS – O trabalho conjunto de Asas de Socorro e líderes comunitários de cada região possibilitou um maior alcance da ajuda. Diante disso, nosso trabalho proporcionou a construção de banheiros e a instalação de filtros bioativos de areia para purificação de água para centenas de famílias em várias comunidades. Ao todo foram mais de 2000 pessoas beneficiadas.
GALERIA DE IMAGENS DOS FILTROS
PROCESSO SIMPLES 
E INTELIGENTE QUE 
GARANTE ÁGUA LIMPA 
E FACILITA A VIDA 
DOS RIBEIRINHOS
ESCOLHA UM MODO DE DOAÇÃO MAIS FÁCIL ABAIXO:

DOE USANDO
CARTÃO DE
CRÉDITO

DOE USANDO
BOLETO
BANCÁRIO

DOE ATRAVÉS
DE DEPÓSITO
BANCÁRIO

CARTÃO DE CRÉDITO
BOLETO BANCÁRIO
DEPÓSITO BANCÁRIO



 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

 logo-br

“Jesus me deu um tempo extra”

Um homem doente foi acolhido por uma cristã e recebeu a cura de Deus

Shelter é uma norte-coreana conhecida por este nome em inglês, porque a tradução da palavra shelter é ‘abrigo’ ou ‘refúgio’. Os irmãos que são acolhidos por ela em sua casa na China dizem que ela transmite segurança até mesmo para aqueles que parecem estar no final de suas vidas.

“Eu estava tão doente, e realmente achei que morreria. Quando pensei que minha história estava no fim, entreguei minha vida a Cristo, mas tive uma surpresa: Jesus me curou. Eu sinto que estou vivendo um tempo extra agora, mesmo sem merecer, e não vou desperdiçar um momento sequer”, conta um dos acolhidos.

“Ela mora na cidade, e na frente de sua casa há pessoas vagando pelas ruas, procurando um lugar para dormir. Ela oferece não só esse lugar para passarem a noite, mas também algum alimento e, o principal, o amor”, revela um visitante da Portas Abertas que conheceu a cristã.

O curioso, segundo o visitante, é que essas pessoas podem seguir em frente, mas decidem voltar para saber por que Shelter oferece sua casa sem cobrar estadia. “É nessa hora que eu compartilho com eles sobre a Bíblia e a mensagem de salvação e muitos se convertem”, conta a cristã. Ela desabafa sobre o desgaste desse trabalho, mas garante que vale a pena. “Às vezes, eu fico muito cansada, mas eu dobro meus joelhos e Deus renova as minhas forças.”

Há treze anos, a Coreia do Norte está em primeiro lugar na Classificação da Perseguição Religiosa. A situação no país é uma das mais hostis ao evangelho, e é o lugar onde servir a Jesus tem custado a vida de muitos cristãos.

Motivos de oração

  • Ore por Shelter, para que ela continue realizando a obra de Deus com a mesma força.
  • Clame a Deus pelos cristãos perseguidos na Coreia do Norte; para que continuem perseverantes e testemunhando de Jesus a outras pessoas.
  • Ore para que a Portas Abertas possa continuar encorajando e servindo aos cristãos nessas regiões.

Primeira visita de um Correspondente Internacional em 2016

Leve a Igreja Perseguida para a sua igreja e ajude a conscientizar os brasileiros da causa dos nossos irmãos

HTMLnovo_440x220_CorrespondenteLocalnoBrasil_data

Entre os dias 15 de janeiro e 1 de fevereiro, o pastor colombiano Jasar estará em São Paulo e região para testemunhar histórias sobre a perseguição religiosa na América Latina. Conheça mais uma história de um ‘Saulo’ que se tornou ‘Paulo’ depois de estar entre a vida e a morte.

Jasar, 46, é cristão, casado e tem cinco filhos. Depois viver vários anos tendo sonhos e revelações de Deus falando com ele, decidiu aceitar a Cristo aos 22 anos, após ter a sua vida salva. Ele então, entregou tudo o que tinha e abandonou a antiga vida. De perseguidor, tornou-se perseguido.

Hoje, junto com a Missão Portas Abertas exerce o ministério de treinamento e capacitação de pastores e líderes na região onde perseguia cristãos.

Na sua igreja
Quer receber o Pr. Jasar? Preencha o formulário e aproxime a sua igreja da realidade que os nossos irmãos perseguidos enfrentam diariamente. Cristãos que compartilham da nossa fé, mas não da nossa liberdade.

Novos cristãos sofrem ataques constantes

“Eles estão literalmente fugindo para alcançarem a liberdade, que parece estar cada vez mais longe”

3-reinounido-getty

De acordo com as notícias do New York Times, um grupo de muçulmanos convertidos ao cristianismo, que vive em Bradford, uma cidade metropolitana que fica no norte da Inglaterra, foi violentamente atacado na frente de sua residência, e as câmeras de segurança registraram o momento do ataque.

Um deles, que era enfermeiro, foi repetidamente chutado e atingido com uma picareta, causando graves ferimentos por dois homens que fugiram em seguida num carro. No hospital, o cristão deu depoimentos à polícia local, dizendo que está sofrendo ameaças constantes por parte da comunidade muçulmana, de várias formas. “O para-brisas do meu carro já foi quebrado várias vezes”, disse ele.

Um analista da Portas Abertas comentou: “Um pai de seis filhos que também foi atacado, e que nasceu na Grã-Bretanha, na década de 60, tornou-se um cristão em 1996. Sua conversão se tornou amplamente conhecida através de um documentário de TV que foi ao ar em 2008 e desde então ele tem sido perseguido pelos jihadistas”.

Os recentes ataques ilustram como os ex-muçulmanos se tornam vulneráveis após decidirem seguir o cristianismo. “Como em muitas partes do mundo, a tendência é cada vez mais clara: ‘os cristãos novos convertidos que moram em países onde a lei sharia prevalece, estão descobrindo que é impossível viver sua fé abertamente e estão sendo forçados a mover suas famílias para outras localidades. Eles estão literalmente fugindo para alcançarem a liberdade, que parece estar cada vez mais longe. Que Deus dê a eles força e estratégia”, conclui o analista.



 

Projeto Água Limpa para os curumins se destaca nacionalmente

image top

Reportagem da Folha de São Paulo destaca ação na Comunidade de Santo Antônio do Tracajá. Ação desenvolvida em parceria com Asas de Socorro.

O projeto Água Limpa e o Projeto para construção dos banheiros é realizado por Asas de Socorro em parceria com Tearfund desde 2013.

E, este projeto ganha hoje destaque nacional rendendo homenagem no prêmio Professor Nota 10, a Valter Menezes, professor na comunidade de Santo Antônio do Tracajá, comunidade onde Asas de Socorro em parceria com a comunidade local realizou a construção de 70 banheiros e a instalação de mais de 800 filtros bioativos.

Leia a reportagem completa da Folha de São Paulo clicando aqui.

Você pode colaborar que mais ações como esta aconteçam e mais que destaque nacional, seja porta de entrada do evangelho de maneira prática a estas comunidades.

Colabore e diga conosco: Amazônia, #tamojunto!

Para colaborar com o Projeto acesse: www.asasdesocorro.org.br/contribua.

image bottom

 

logo-br

“Deus me fez uma guerreira”

Conheça a história de perseguição da Anwar* e sua família que tiveram que ir embora de Mosul no Iraque. A Portas Abertas esteve com eles na nova casa

27_Iraq_0260102013

A Portas Abertas conheceu durante uma de suas viagens de campo, por meio da colaboradora Sara*, a família de Anwar. Eles foram vítimas do Estado Islâmico (EI) no Iraque. Anwar, parece ser a mais forte da família, Deus está trabalhando de forma extraordinária nela. Recentemente, Sara visitou Anwar novamente, ela conheceu a família cerca de um ano e meio atrás, um mês depois de se tornarem vítimas do EI. Sara fez parte dos primeiros que os visitaram. Ela lembra do alívio da família quando os encontrou, eles perceberam que não tinham sido esquecidos.

Amor e determinação
Anwar cuida de seus pais idosos traumatizados e de sua irmã, que teve um membro do seu corpo atingido em um ataque. Todo mês a família recebe um pacote de comida do parceiro local da Portas Abertas. Anwar complementa-o com legumes frescos que compra no mercado. O cuidado diário da família está nas mãos dela. Ela tenta cuidar de seus pais e da irmã da melhor maneira que pode. Com amor e determinação. “Conhecendo Anwar, descobri que ela é uma mulher incrivelmente forte. Ela também é muito atenciosa”, conta Sara.

Sobrinhas no balde de lixo
Anwar organiza tudo o que a família precisa. Onde é que ela encontra essa força? “É Deus”, responde ela. Ele vem dando força durante toda a sua vida. Anwar conta que anos atrás, suas duas sobrinhas prematuras foram abandonadas pelos médicos em um lixo. Mas, o coração dela não poderia aceitar aquilo. Ela se tornou responsável pelas meninas, hoje elas já são adolescentes e vivem em outro país.

Quase morta
Toda a família se emociona quando Anwar compartilha os acontecimentos no dia em que quase morreu. Repentinamente, eles tiveram que deixar suas casas, em Mosul, sem saber como viveriam. Expulsos da cidade, chegaram a um posto de controle. Lá, as mulheres foram separadas de William, pai de Anwar. Uma senhora totalmente encoberta se aproximou das mulheres e começou a tirar todos os objetos de valor. Quando a outra filha de William protestou, uma arma foi apontada para ela. Anwar implorou de joelhos pela vida da irmã. O apelo teve resposta, a terrorista cedeu e não matou nenhuma das duas. Mas em sinal de protesto, ela bateu na perna da irmã de Anwar em sinal de protesto. Hoje, ela ainda tem dificuldade para andar, apesar de ter passado por uma cirurgia.

Sara e a família de Anwar sentaram-se juntos para assistir ao noticiário, como a família faz todos os dias. Eles seguem de perto o que acontece na sua cidade de Mosul. O EI tem implementado uma versão violenta da lei islâmica e está destruindo a herança cristã. Eles têm medo de lá nunca mais voltar a ser um lugar seguro. É difícil para Anwar ver os pais chorarem ao contar o que aconteceu e o que ainda está acontecendo, além disso eles enfrentam problemas para dormir à noite. Nos ajude em oração por essa família, Deus tem feito maravilhas no meio deles, mas ainda dá feridas e receios. Que a graça do nosso Senhor possa alcançá-los, cada dia, mais e mais.

*Nomes alterados por motivos de segurança.

Esperança para a igreja no Iraque e Síria
Todos os dias, vemos e ouvimos nos meios de comunicação histórias de refugiados, e sabemos que eles precisam de nossa ajuda e de nossas orações. É por esse motivo que convidamos você a participar do Domingo da Igreja Perseguida (DIP) em 2016, um dia de intercessão pelos cristãos perseguidos ao redor do mundo.

Cristã foge do marido e se refugia em igreja

Quando Maysan* se converteu ao cristianismo, ela e os filhos sofreram sérias ameaças

26_Jordan_0260008315

Maysan é uma cristã jordaniana que precisa viver se escondendo do marido que é extremamente violento. Nos últimos meses, ele tem sido ainda mais agressivo e faz graves ameaças a ela e aos filhos. Sua filha Munira*, ultimamente vem sofrendo com pesadelos fortes, com seu pai matando a família.

Tudo começou quando ela se converteu ao cristianismo. “A situação de Maysan ficou realmente complicada, por isso ela e os filhos foram acolhidos pela igreja, por algum tempo, pois corriam risco de vida. Hoje em dia, eles estão morando em uma casa segura, que os próprios parentes providenciaram”, explica um dos membros da igreja.

Seus dois filhos, um menino e uma menina, ainda estão comprometidos com o islã, porque segundo a lei, só podem escolher uma religião após a maioridade. Além disso, o pai continua investindo em colocar na mente deles suas ideias fundamentalistas, insistindo inclusive para que o menino seja recrutado como soldado.

A equipe da Portas Abertas já providenciou uma campanha de oração, onde muitas pessoas participaram, ao redor do mundo, preocupadas com a situação da irmã Maysan. “Continuem orando para que o Espírito Santo toque o coração desse homem, e que o ódio seja transformado pelo amor de Jesus”, pede um analista de perseguição.

*Os nomes foram alterados por motivos de segurança.

Pedidos de oração

  • Ore para que a fé de Maysan permaneça firme e para que ela continue depositando suas esperanças no Senhor.
  • Peça a Deus para que seus filhos possam descobrir a graça e o amor de Cristo, enquanto é tempo.
  • Ore também pelo líder cristão que acolheu a irmã Maysan e por todos os irmãos que a estão ajudando nesse momento difícil.

Cristãos vão até as últimas consequências pelo nome de Cristo

“O nosso século continua produzindo cristãos ousados, apesar de carregarem status de fraqueza por serem minoria”

26-internacional-0430103096

A perseguição religiosa não é uma teoria que gera estatística ou idealiza um cristianismo de sofrimento, baseando-se no passado da religião. Ela é real, está gerando notícias e os fatos devem ser analisados cuidadosamente. A Conferência Global que reuniu líderes cristãos de todas as denominações, na Albânia, foi um choque de realidade para muitos políticos, e também para os próprios cristãos que não estão sintonizados com os últimos acontecimentos, ocorridos no mundo todo.

O professor de história contemporânea da Universidade de Roma, Dr. Andrea Riccardi, foi o que mais discursou sobre a história dos cristãos perseguidos ao longo dos séculos, alertando para um novo tempo de martírios e ainda mais violência. Ele citou nomes de mártires do passado e dos tempos atuais. “Annalena Tonelli, uma voluntária italiana na Somália, foi morta em 2003. Apesar das ameaças, ela não fugiu, antes deixou seu testemunho de uma vida generosa e pacífica naquele país. Outro exemplo é a irmã Dorothy Stang, que aos 73 anos foi morta no Brasil, no estado do Pará. Em 2005, ela foi abordada por dois homens armados, que perguntaram se ela portava alguma arma. Ela mostrou a bíblia, dizendo que aquela era a única arma que ela tinha. Depois ela foi encontrada assassinada, sobre a própria bíblia”.

Ele citou vários outros exemplos de cristãos corajosos, que não temeram as ameaças violentas e morreram sem negar a Cristo. Pessoas que passaram pelas mãos de grupos extremistas como o Boko Haram e o ISIS. “O nosso século continua produzindo cristãos assim, fiéis em seu trabalho pelo reino de Deus, que se comunicam pela fé ousada e humilde, apesar de carregarem um status de fraqueza por ser minoria”, explica o professor.

“Todos os governos devem respeitar e proteger a liberdade de religião como um direito humano fundamental. Apelamos para os governantes e organizações internacionais para que protejam os cristãos e todas as outras pessoas que são ameaçadas e sofrem com a violência em nome da religião. Pedimos também para que a imprensa informe de maneira imparcial sobre as violações dos direitos humanos, incluindo os cristãos e todas as comunidades movidas pela fé, para que haja justiça”, finaliza Riccardi.

logotipo_jmm

Missões jogando bonito na Ásia

http://missoesmundiais.com.br/noticias/missoes-jogando-bonito-na-asia/

26 de novembro de 2015

Como parte das atividades desenvolvidas através do Programa Esportivo Missionário (PEM), foi realizada em um país na Ásia uma clínica de futsal apenas para meninas. O evento teve a participação de 31 garotas com idades entre 10 e 15 anos, além de outras nove moças treinadas em futebol pelo missionário Boaz.

“Elas foram grandemente usadas para ensinar algumas técnicas de futsal e ministrar ao coração dessas meninas. O nosso sonho é que um dia esses treinos para meninas se tornem uma atividade semanal. Por isso, temos treinado essas moças para que, no futuro, elas possam se tornar treinadoras que venham a ser também um modelo de vida para muitas meninas da nossa cidade”, afirma o missionário.

Rute, esposa de Boaz, deu mais um curso de KidsGames com aplicações voltadas especificamente para o universo feminino. O objetivo desse curso é ensinar jogos ou dinâmicas divertidas enquanto valores bíblicos são passados às crianças, além de palavras sobre o valor do ser humano, autoestima, autoconfiança, saúde física e emocional.

“A oportunidade de participar desses cursos de KidsGames foi um presente de Deus para mim, pois como o futebol não é muito a minha área, eu tenho usado esses jogos que aprendi como uma boa ferramenta para contribuir. Ali nós usamos esses jogos e dinâmicas como quebra-gelo ou aquecimento, antes dos treinos de futsal e, através desses jogos, falamos do que Cristo é capaz de fazer em nossas vidas”, afirma Rute.

Ore pelo casal, por renovo físico e emocional, por proteção e pelo trabalho que desenvolvem através do PEM. Eles precisam da renovação de seus vistos, processo cuja burocracia tem crescido no país.

 

Ajude na compra de medicamentos

http://missoesmundiais.com.br/noticia/

mat_refugiadoslibano

24 de novembro de 2015

A passagem de mais uma caravana do Tour of Hope pelo Oriente Médio está chegando ao fim, mas o trabalho para levar esperança aos refugiados precisa continuar. E essa caminhada só é possível com o envolvimento da igreja brasileira. Ainda precisamos de recursos para a compra de medicamentos, já que por lá o custo é bastante elevado.

Nesta quarta (25), nossos voluntários retornam ao Brasil com o pensamento de conclusão de uma das muitas fases que ainda precisamos concluir no trabalho com refugiados. Há mais de uma semana no Oriente Médio, eles realizaram aproximadamente 230 atendimentos diários nas áreas médica, odontológica e fisioterápica.

Um dos momentos mais emocionantes para eles foi ver a aproximação destes refugiados, a maioria muçulmanos, da igreja.

“Tem sido gratificante ver e ouvir diversos sírios, cada um com sua história de luta, chegando à igreja por causa do que ela tem oferecido à comunidade”, disse um dos voluntários.

Os voluntários estão numa igreja que mantém 300 alunos. No último domingo, eles puderam falar durante os dois cultos matutinos e ver com emoção a chegada de dezenas de homens e mulheres refugiados, muitos deles atendidos por nossa equipe na última semana, vestidos tradicionalmente, porém se achegando à igreja e louvando a Deus juntamente com os irmãos locais.

Mesmo com a partida antecipada de um casal de médicos, a caravana pretende atender cerca de 500 pessoas até amanhã.

A grande luta tem sido ainda a questão dos medicamentos. Apesar de não terem sido liberados até o momento pelas autoridades locais, há um esforço tremendo de dois voluntários que por conta disso se tornaram conhecidos do ministro da saúde. Isso traz a eles a esperança de ter os medicamentos liberados ainda hoje. Ore com a gente por esta questão. Caso os medicamentos não sejam liberados, haverá necessidade de compra-los por lá, o que é muito caro. Portanto, continue doando para a compra destes medicamentos. Mobilize outras pessoas a fazerem o mesmo. Por enquanto, os recursos disponíveis dão conta de atender apenas 20 pessoas. Precisamos fazer muito mais que isso.

Há várias formas de fazer sua oferta. Uma delas é ligando para nossa Central de Atendimento nos telefones 2122-1901/2730-6800 (cidades com DDD 21) ou 0800-709-1900 (demais localidades). O horário de funcionamento é nos dias úteis, das 7h às 19h (horário de Brasília).

Quem preferir, pode usar o WhatsApp: (21) 98216-7960. Também é possível contribuir pela internet, no sitewww.jmm.org.br/relacionamento, onde é necessário realizar um cadastro.

por Marcia Pinheiro

Para Deus, não há barreiras

24 de novembro de 2015

Na África árabe, os índices de analfabetismo são consideráveis, e oferecer às pessoas um exemplar da Bíblia impressa pode não fazer muito sentido, segundo o missionário Caleb Mubarak, em campo no norte do continente.

Alguns cristãos europeus procuraram Missões Mundiais no intuito de formar uma parceria para a distribuição de bíblias no Norte da África. Esses exemplares das Escrituras deveriam ser distribuídos principalmente entre comunidades e etnias que nunca ouviram sobre Cristo. Porém, havia um problema: como dar bíblias se a maioria das pessoas não sabe ler?

“Deus então nos deu uma visão de disponibilizarmos as Escrituras em áudio”, conta Caleb.

Assim, com a oferta designada ao projeto Bíblias para os Povos, foram comprados dezenas de aparelhos MP3 e neles foram disponibilizados o Novo Testamento, estudos sobre os profetas (uma vez que são muito respeitados entre os muçulmanos), estudos de orientação para a família e também várias canções que falam do amor do Pai pela humanidade.

A distribuição de bíblias em MP3 começou na região em que estão os missionários, que também sonhavam em fazê-las chegar às comunidades mais longínquas do país.

“E justamente naquela semana, soubemos que um grupo de irmãos estaria viajando pelo país levando ajuda humanitária e treinamento para líderes locais. Foi quando aproveitamos para pedir que levassem também as Escrituras em áudio”, relata Caleb.

O melhor ainda estava por vir. Dois dias após a distribuição, os missionários receberam o telefonema eufórico do responsável pela sociedade bíblica local. Ele os convidou a um encontro. Ao chegarem a sua livraria, Caleb e Rebeca Mubarak conheceram um novo convertido que havia recebido o MP3 e estava ali para agradecer o maravilhoso presente recebido. Ele pediu mais dispositivos para presentear seus amigos e fez proposta de que os missionários repassassem o conteúdo em cartão de memória. Assim, ele repassaria ainda mais rápido o conteúdo.

Como resultado, aquele homem os contatou posteriormente dizendo que as Escrituras já estavam chegando ao extremo sul do país, através de um contato com um cliente que levou alguns cartões de memória com a Bíblia para sua família e amigos.

Outro país europeu soube da estratégia e já tem ofertado para que outras centenas de MP3 e cartões de memória possam ser distribuídos com a Palavra de Deus.

Agradeça a Deus pela iniciativa dos irmãos da Europa e por sua atitude ter influenciado outros países. Ore pelos que ouvirão a mensagem do Evangelho, para que entreguem suas vidas a Deus e repassem a mensagem adiante.

 

logo-br

9d15ab3bcee05d0aac207f2d33b8a7b0

Situação

Há pouco mais de um ano, o mundo inteiro voltou sua atenção para o Iraque e a Síria por causa da rápida e violenta atuação do grupo extremista autoproclamado Estado Islâmico (EI). A dificuldade nos países é grande por causa do cenário de guerra – há 4 anos, a Síria é palco de uma guerra civil. Milhares de pessoas foram forçadas a fugir, a situação dos cristãos tem se agravado e agora, em toda região, milhares de cristãos temem por suas vidas. O avanço contínuo do EI, aumenta o clamor de líderes das igrejas locais pelo nosso apoio.
Desde 1994, a Portas Abertas atua na região, lutando para manter esses corajosos irmãos vivos. E, hoje, o trabalho é ainda mais urgente e intenso. A realidade no Iraque e Síria é de medo, destruição e até de morte. Mas há também esperança e amor. Deus está agindo naquele lugar. Igrejas agora são o lar para milhares de cristãos refugiados nesses países. O Espírito Santo também tem usado isso para alcançar o coração dos muçulmanos. Ao visitar as tendas de pessoas que tenham sofrido com a perda e cuja fé não fornece nenhuma resposta, os cristãos podem testemunhar poderosamente de Jesus e compartilhar a esperança que há no amor de Cristo. A igreja local pode ser lugar de paz e de transformação, mas precisa de nossas orações e apoio financeiro.

Sobre o projeto

A Portas Abertas está trabalhado com igrejas locais para servir cristãos refugiados, a fim de que a igreja de Cristo continue viva na região. O desafio é atender as necessidades espirituais e também as físicas.

Doando R$ 92,00 você fornece uma cesta básica que atenderá uma família no Iraque ou Síria por cerca de 15 dias, com itens essenciais como ovos, açúcar, óleo, arroz, macarrão, leite, carne enlatada, sabão e detergente.

Através das igrejas locais podemos oferecer treinamento, aconselhamento e acompanhamento psicológico e espiritual para líderes e cristãos refugiados e apoio emergencial para cerca de 19 mil famílias, com distribuição de cestas básicas, itens de higiene pessoal, colchões, cobertores e literatura cristã. Queremos agradecer a você em nome dos nossos irmãos e irmãs perseguidos por suas orações e apoio às famílias de Bagdá, Erbil, Dohuk, Aleppo, Homs e de muitas outras cidades do Oriente Médio.

Pedidos de oração

Ore pela proteção e provisão de Deus para os cristãos no Iraque e Síria, principalmente aos ex-muçulmanos que são especialmente mais vulneráveis. Peça a Deus para que permaneçam firmes e possam testemunhar para outros o amor e a salvação de Cristo.
Suplique pelo fim da violência no Iraque e Síria e por coragem e senso de justiça para a liderança política ao redor do mundo para intervir nessa situação.
Ore por aqueles que estão trazendo sofrimento aos cristãos no Iraque e Síria. Jesus nos chama para orar por aqueles que nos perseguem.

 

download (8)

NOTÍCIAS DO PR. WILDO “MISSÃO VIDA FECHA TRÊS UNIDADES”

http://www.mvida.org.br/noticias/detalhes/15

Assunto: “Missão Vida fecha três unidades”

“MISSÃO VIDA FECHA TRÊS UNIDADES”
Como você se sentiria se esta notícia fosse verdadeira? Com a graça de Deus, não é, mas poderia ser. Desde janeiro de 2015, o número de colaboradores que enviam ofertas mensais tem reduzido significativamente. Além disso, as respostas negativas de pastores ao nosso pedido de abrir as portas de suas igrejas para receber o ministério de Impacto Missionário da Missão Vida também têm aumentado.

Há alguns dias, ao chegar de um culto muito abençoado onde ministrei a palavra em São João de Meriti, Rio de Janeiro, liguei a televisão e Sílvio Santos estava concluindo a programação do Teleton/AACD. Na ocasião, ele lamentava que tantas pessoas tivessem deixado de contribuir e anunciava que 03 unidades de atendimento seriam fechadas.
Considero o Teleton um dos mais importantes trabalhos assistenciais do Brasil. Quando ouvi este triste anúncio, orei a Deus para que não permitisse que tal manchete algum dia estivesse relacionada à Missão Vida. Que o Senhor não permita que nenhuma das unidades que temos em sete estados do país seja fechada.
Não sei se você tem assistido a séries Os Dez Mandamentos, mas nunca imaginei que uma TV aberta brasileira poderia glorificar tanto o nome do Deus eterno, o Deus de Israel, desta maneira. Vale a pena assistir! A Rede Record, em minha opinião, está longe de seguir os princípios bíblicos, mas certamente, está sendo uma “pedra que clama no deserto”. Não ganho absolutamente nada para divulgar qualquer rede de TV que seja, mas quero sugerir que você entre em contato com a Record e os incentive a continuar produzindo trabalhos como este, que tem a Bíblia como base e que são tão bem executados.
Segue abaixo minha agenda do mês de novembro.
Com fé e esperança,

Rev. Wildo dos Anjos
Presidente da Missão Vida

logo-br

Igreja é atacada por um suposto membro do Boko Haram

“Sabemos que ir à igreja é uma questão de vida ou morte”

24_Nigeria_0270100525

Supostos membros do Boko Haram realizaram um atentado suicida numa igreja onde cristãos realizavam um culto, em Potiskum, no estado de Yobe, no nordeste da Nigéria. Infelizmente, o líder cristão Dotun Okerinola, já bem idoso, morreu durante o ataque. Testemunhas disseram à mídia local que um suicida chegou à igreja em um riquixá, que é uma espécie de carroça motorizada, e estava disfarçado de cristão.

Ele detonou os explosivos assim que entrou. “Uma forte explosão destruiu a igreja que ainda estava em construção. Havia cinco membros e um líder religioso, todos morreram na mesma hora. Os policiais correram para o local, havia muita gente em pânico e pessoas atordoadas, em volta dos tijolos quebrados e chapas de zinco torcidas, que foram arrancadas do telhado”, disse um morador.

Habila Adamu, um dos cristãos nigerianos disse que todos estão cientes dos riscos que correm por terem escolhido a Cristo. “O nordeste da Nigéria é um lugar perigoso para ser cristão, sabemos que ir à igreja é uma questão de vida ou morte. Mas já temos em nossa mente que ninguém pode nos impedir de adorar o nosso Deus, não importam os riscos”, conta Adamu.

“Agradecemos a Deus por tudo o que temos vivido. As pessoas que morreram nessa explosão estão salvas, elas estavam adorando a Deus apesar do perigo e é isso o que importa. Eu só peço para que os irmãos que ficarem sabendo desse incidente orem por todos nós, e principalmente pelas famílias das vítimas, pois terão momentos de dor, mas confiamos no consolo do Senhor”, finaliza o cristão.

Pais convertidos a outra religião correm o risco de perder seus filhos

Parlamentares cristãos apelaram para uma mudança na lei, chamando-a “injusta” para os não-muçulmanos

16 Syria_2013_0260010077

De acordo com a ONU, as nações que privilegiam uma determinada religião como oficial do Estado, colocam as crianças numa posição vulnerável nas escolas, onde elas podem ser expostas a instruções religiosas involuntárias ou mesmo doutrinação. Os pais que se convertem a outra religião correm o risco de perder seus filhos. Geralmente, os documentos oficiais emitidos para as crianças não refletem a nova orientação religiosa de seus pais.

“Em alguns sistemas jurídicos, pessoas de determinadas religiões ou crenças são impedidas de ter um casamento legalmente reconhecido, o que torna a guarda dos filhos ‘ilegal’, de acordo com a leis do país”, diz um relatório. O presidente do Iraque, Fuad Masum, recentemente expressou simpatia com os novos convertidos ao islã, em sua oposição a uma lei que estabelece que os menores devem seguir a religião dos pais. Quatro membros cristãos do parlamento iraquiano apelaram para que haja uma mudança na lei, chamando-a “injusta” para os não-muçulmanos.

Um dos analistas da Portas Abertas, disse que a proposta foi derrotada com o resultado de 137 votos contra 51. Da forma como está escrito o direito civil, as crianças não-muçulmanas com idade inferior a 18, tornam-se muçulmanas quando um dos pais se converte. Os deputados salientaram que a lei atual contradiz o princípio do Alcorão que estabelece que “as pessoas são livres nas suas escolhas pessoais, religiosas e doutrinárias”. A mesma lei também causa problemas quando os menores cristãos que se tornaram adultos querem se casar, mas descobrem que eles são muçulmanos por lei, portanto, não podem se casar com um cristão sem ter que enfrentar grandes complicações sociais e legais.

“Mais uma vez os conceitos de democracia no Iraque são violados pelo Conselho de Representantes Iraquianos”, protestam os grupos religiosos minoritários. Youssef Yaacoub, presidente da União Nacional de Beth Nahrin, acrescentou: “Nós respeitamos a lei islâmica e a sua aplicação aos muçulmanos, que a aceitam de bom grado, mas esta lei não deve ser aplicada aos não-muçulmanos”.

Extremistas islâmicos estão em todos os cantos do país

A situação é ainda mais complicada no interior, que está desprotegido

23_CAR_0050100196

No ano de 2012, os rebeldes do grupo extremista Seleka, que é uma das facções políticas hostis ao governo do presidente François Bozizé, apoiados pela população muçulmana local, tomaram o poder através de uma campanha caracterizada pela violência generalizada em que os cristãos eram alvos específicos.

Em meados de 2013, a anti-Balaka, que é o termo utilizado para identificar as milícias defensoras dos cristãos, formadas na República Centro-Africana, surgiu como um meio de autoproteção, mas seus membros logo começaram a cometer ataques de represália em grande escala contra civis muçulmanos.

Embora a anti-Balaka tenha o objetivo de ajudar os cristãos, não se pode dizer que eles lutam religiosamente, mas sim politicamente. Há relatos de que eles já entraram em conflito com os próprios cristãos, ameaçando inclusive os líderes das igrejas no país.

A Intervenção Internacional só veio em janeiro de 2014, o que levou a ONU a restabelecer a segurança nas cidades, porém o interior africano ficou completamente desprotegido. Enquanto isso, a anti-Balaka continua a dominar o sul e o oeste, sendo que o norte e o nordeste também foram dominados por grupos extremistas. Recentemente, a equipe da Portas Abertas teve acesso às áreas em que os cristãos vivem como reféns. Os analistas de perseguição pediram para que todos entrem em oração por eles, pois a situação não tem sido fácil.

logotipo_jmm

Esperança a portadores de hanseníase

20 de novembro de 2015

Jesus sempre procurou os marginalizados de sua época. Ele lhes dava cura ao mesmo tempo em que lhes resgatava a dignidade humana e seu senso de pertencimento à sociedade. Deus deu a mesma oportunidade a Missões Mundiais, que tem buscado levar a esperança de Cristo a corações desesperançados de uma vila asiática onde vivem portadores de hanseníase.

“Para se ter uma ideia, apenas ao redor da cidade onde moramos existem 35 vilas de portadores de hanseníases. Em toda a província são mais de 100. Todo ano, as autoridades promovem uma campanha para identificar os cidadãos com hanseníase, e aqueles que apresentam resultado positivo para a doença são separados do convívio da sociedade e isolados nestas vilas”, afirma Paulo, que ao lado da esposa, Izabel, tem visitado essas pessoas.

O casal missionário se alegrou em levar um pouco de alívio, conforto e amor a essas pessoas. Segundo Paulo e Izabel, as pessoas que vivem nessas vilas têm vivido em uma situação muito precária.

Ore por este ministério, pelos projetos na Ásia e pela adaptação dos missionários no país asiático. Eles têm um grande desafio, que é o aprendizado do idioma. Ore pelos projetos que Deus tem colocado em seus corações para que, no tempo devido, os povos ainda não alcançados na Ásia possam ter acesso ao Evangelho de Cristo através deles. Interceda também por toda a equipe de missionários da JMM em solo asiático.

ADOTE ESTE CASAL MISSIONÁRIO






 

 

download (7)

Ministérios

http://missaocena.com.br/ministerios/

A Missão CENA é dividida em 4 ministérios: Prevenção, Resgate, Restauração e Reintegração. Todos os ministérios tem um objetivo em comum: Levar o evangelho e luz de Jesus Cristo para onde reinam trevas e morte.

Clique e conheça cada um dos nossos Ministérios e seus respectivos projetos!

PREVENÇÃOPrevenir famílias e crianças do poder das drogas, pobreza e prostituição que as cercam todos os dias.

RESGATEResgatar quem não tem mais condições de viver às margens de uma sociedade marginalizada e oprimida.

RESTAURAÇÃORestaurar e discipular pessoas dispostas a terem um encontro com uma vida plena em Cristo.

REINTEGRAÇÃOReintegrar a pessoa no convívio social e desfrutar de uma nova perspectiva de vida em meio à sociedade.

CMI

http://missaocena.com.br/cmi/

Curso de Missão Integral que tem como propósito capacitar, despertar e mobilizar pessoas para fazer missões, sejam elas leigas ou vocacionadas com disposição em fazer diferença através de sua igreja, projetos ou agências missionárias em cidades urbanas como São Paulo.

É um curso que vem se aperfeiçoando ao longo de seus quatro anos de formação, com uma excelente equipe acadêmica composta de missionários formados e atuantes, treinados e qualificados para ensinar com excelência.

O curso contém aulas teóricas e práticas. As aulas práticas estarão relacionadas aos ministérios de resgate, restauração e reintegração social.

Também ocorrem palestras bimestrais para os alunos do curso.

Grade

CENA
Evangelismo
Serviço Social e Políticas Públicas
Elaboração de Projetos
Gestão de Projetos
História da Igreja Cristã
Sociologia
Antropologia Missionária
Missão Integral
Direitos Humanos
Dependência Química
Ciência Política
Sustentabilidade
Comunicação
Cosmovisão
Teologia Bíblica
Capelania Carcerária
Missiologia
Sexualidade
Psicologia das Relações Sociais
Vida Cristã

*grade sujeita a alterações







 


 




Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s