Arquivo do autor:bencaosdiarias

Sobre bencaosdiarias

Meu nome é Rita de Cássia da Silva Stracci, casada com Carlos Stracci, colaborador do Blog. A criação do blog Bênçãos Diárias, assim como do aplicativo Bênção Diária (disponível para todos os sistemas operacionais (http://app.vc/bencaos_diarias), tem por objetivo o compartilhar devocionais pessoais que faço todos os dias. Em uma linguagem simples para que todos possam entender, busco dividir o aprendizado que tenho meditando na Palavra de Deus.

29 de novembro – A traição que revelou o amor

Jesus não diz que é a última ceia com seus discípulos, mas era. Sim, deu algumas dicas, mas não compreenderam.  Estavam os 12 reunidos. Ao lado de Jesus, João, ao lado de João, Pedro. Juntando o que se lê em … Continuar lendo

Publicado em Devocional | Deixe um comentário

28 de novembro – O Silêncio de Deus

Fico pensando nas irmãs de Lázaro mandando avisar Jesus acerca da gravidade da enfermidade de seu irmão; dias antes de sua morte. Depois na angústia, no sentimento de ingratidão e dúvida, pela falta de reposta, pela inércia  por parte de … Continuar lendo

Publicado em Devocional | Deixe um comentário

27 de novembro – Não tenha Medo

Eu era pequeno, 6, 7 anos; minha avó por parte de mãe vez em quando punha-se a contar histórias da roça. Mula sem cabeça. Os aparecimentos de pessoas mortas. O lobisomem. Então,  quando chegava a noite eu suava debaixo do … Continuar lendo

Publicado em Devocional | Deixe um comentário

26 de novembro – Encontros com Jesus

Quando penso nos encontros que Jesus tinha com as pessoas; sabe aqueles encontro que ele preparava… não quando as pessoas iam até Ele, mas quando Ele ia até as pessoas. Como fez comigo. Deus e um cara tão comum como … Continuar lendo

Publicado em Devocional | Deixe um comentário

25 de novembro – Nascer de novo

Nicodemos era um rabino judeu, membro do Sinédrio, e um dos homens mais ricos de Jerusalém. Ele sempre é lembrado como “aquele que foi ver Jesus à noite” (Jo 3.2). Talvez por medo.  Talvez vergonha. Talvez estratégia; quem poderá afirmar … Continuar lendo

Publicado em Devocional | Deixe um comentário

24 de novembro – No meio das trevas, uma boa notícia

A queda do homem foi virar as costas para a árvore da vida e desejar se alimentar de outra árvore. A queda não foi consequência como um castigo, mas resultado já avisado com antecedência por Deus.  Portanto, a maldição não … Continuar lendo

Publicado em Devocional | Deixe um comentário

23 de novembro – Deus é um só

O Deus  do Velho Testamento é o mesmo do Novo?  Essa é fácil.. . Lógico pois “há um só Deus”. Mas por que Deus era tão rígido com suas leis e as vezes até mandava eliminar os povos inimigos?? Bem, … Continuar lendo

Publicado em Devocional | Deixe um comentário

22 de novembro – Um dia de cada vez

Eu chego a achar engraçado as campanhas de início de ano.
 Dá-se nome ao ano que começa:  “ano da colheita”; “O ano da restituição “; e assim vai…12 dias pelos 12 meses… ou pior ainda: “Seu ano será conforme sua oferta”. Aí o ano que é composto  por 365  dias começa e cada dia vai ser vivido. Um de cada vez. Lembra o maná que descia do céu?  Pra quantos dias era o alimento? Pra um dia. E  a oração  do pai nosso,  lembra da parte “O pão  nosso de cada dia “?. E o texto de Lucas 9.23 – “, negue-se a si mesmo, e tome cada dia a sua cruz, e siga-me”. Não ore “Deus abençoe minha semana” – a não  ser que fale com Deus uma vez por semana. Não ore “Deus abençoe meu mês ”  – a não ser que se relacione com Deus mensalmente. Nossa luta é  diária. Nosso envolvimento  com o Espírito  de Deus  é diária. Nossa história  se constrói  dia a dia. Veja o que diz Mateus 6.34
“Portanto, não se preocupem com o amanhã, pois o amanhã trará as suas próprias preocupações. Basta a cada dia o seu próprio mal”. É  isso; simples  assim. Continuar lendo

Publicado em Devocional | Marcado com , , , | Deixe um comentário

21 de novembro – Saindo do Tanque

“Betesda deriva de duas palavras da língua hebraica: Beth ou Beit = “Casa” e Chéssed = “bondade, benignidade, misericórdia”.
Significa, portanto, “lugar da misericórdia divina” ou “casa da misericórdia divina”. Jesus passou nesse lugar (Jo 5.1-9). O tanque de Betesda onde havia uma grande multidão de enfermos esperando o movimento das águas; “porque um anjo descia de tempos em tempos e   agitava as águas, e o primeiro que ali descia; depois do movimento das águas, era curado de qualquer enfermidade que tivesse”. Diante de uma grande multidão de enfermos Jesus se compadece de apenas um. É justamente por haver naquele lugar uma grande multidão que Jesus se retira dali (v.13).  Jesus não desejava uma grande demonstração pública nesse lugar nessa época uma vez que seus inimigos tramavam contra ele; sem contar que era sábado. Jesus não podia ser preso antes do tempo certo. Mas parece que não resistiu e acabou curando esse homem uma vez que se compadece por saber que ele já sofria há 38 anos  (v.5 e 6). O que me chama atenção nessa história é o fato desse homem não saber quem era Jesus. Homens enfermos vivendo presos a um ritual, em lugar melancólico em todos os sentidos, porque não conheciam Jesus. Ninguém se manifesta com a presença do mestre. O homem curado nem ao menos conhecia seu nome. Imagino que vida vazia é aquela que nem ao menos ouviu falar de Jesus. Saber que sua luz não atingiu ainda nesse século tantas vidas… vidas presas em “tanques “; presas na falta de esperança. Vidas que simplesmente deixam de ser alvos de um amor gratuito,  imenso e profundo amor de Deus. Pior é conhecer Jesus e continuar no tanque como muitos continuam…

Carlos Stracci

Baixe o aplicativo Benção Diária em seu smartfone/tablet ou Iphone/Ipad:  http://app.vc/bencaos_diarias

 
Nome (exigido)

E-mail (exigido)

Site
Comentário (exigido)

Submeter
Continuar lendo

Publicado em Devocional | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

20 de novembro – Sede de Cristo

Capítulo 4 de João relata quando Jesus passa por Samaria e para no poço conhecido como fonte de Jacó. Chega uma mulher samaritana para tirar água e Jesus pede “dá-me de beber”. A mulher, imagino que de maneira grosseira, responde “como sendo tu judeu pede de beber a mim que sou mulher samaritana  (judeus e samaritanos não se relacionavam). “Ah mulher se você soubesse quem te pede água era você quem pediria… te daria  água viva. Não terias mais sede”. Quando ela passa a ver Jesus não mais como um judeu, mas como aquele que poderia matar sua sede de vida as coisas começam  a mudar. Ela sai e anuncia Jesus como o “possível  Messias ” e logo o mestre estaria cercado por uma multidão de samaritanos, então, fica mais 2 dias dando “água viva” a esse povo. O antes e o depois de Cristo. Sabe o que Muda? Não é  a religião; a religião  não  tem esse poder. Só o Espírito  de  Deus pode. A  diferença  entre  o antes e  o depois está na libertação. A questão  não é mais  “não peco por  causa da religiosidade “, mas “não tenho mais prazer  no pecado, pois matei a minha sede em Cristo “.

Continuar lendo

Publicado em Devocional | Deixe um comentário