23 de outubro – Palavras ao vento

palavras-ao-vento

Vocês pretendem corrigir o que digo e tratar como vento as palavras de um homem desesperado? Jó 6:26

John Piper, em seu livro “Uma vida voltada para Deus” faz uma meditação maravilhosa desse texto do livro de Jó. Com muita propriedade ele lembra que as pessoas acabam falando coisas que não devem quando estão desesperadas e sofrendo. Em meio à dor, às perdas da vida, surgem questionamentos dirigidos a Deus e a qualquer um que está perto, palavras de dúvidas, revoltas. Incrível, mas quando as pessoas estão sofrendo muito, a primeira pessoa contra quem elas se voltam é Deus ou contra quem mais está perto delas. Não conseguem enxergar nenhum propósito, perspectiva. Segundo John Piper, “elas veem apenas nuvem e falam como se não houvesse céu”. Quem já não disse, em meio ao sofrimento, alguma coisa que não devia?

Segundo o texto de Jó, essas palavras são “para o vento”, ou seja, ditas momentaneamente e assim como surgiram, desaparecerão, porque depois que passa o tempo, passa o desespero, vem o arrependimento pelas palavras ditas. Claro que há aquelas pessoas que estão sempre “praguejando” e culpando Deus e seus mais próximos “queridos” por todas as calamidades e infortúnios. Contudo, há aquelas que temem e creem em Deus, mas em um momento de dor acabam por falar, desabafar, expressar a dor com palavras duras. Essas sim são palavras ao vento, porquanto, verdadeiramente, passarão. Foram ditas apenas em um tempo de sofrimento, mas não refletem verdadeiramente o que se pensa de Deus. Na hora da dor, da raiva, a boca se antecipa e vomita o sofrimento em forma de palavras. E tais palavras podem atingir diretamente a Deus e aqueles que estão bem próximo.

Não é bom, por isso, reprovar as pessoas que estão sofrendo quando falam “algo que não devem”. É preciso deixar o tempo passar. Ele dirá se aquelas palavras foram ao vento. Deus conhece os corações. Sabe o que verdadeiramente as pessoas pensam a Seu respeito. Só ele pode decifrar o que está nos corações humanos. Assim, é preciso perdoar quando ouvimos palavras duras vinda em nossa direção ou contra Deus, se a pessoa que está proferindo está sofrendo muito. Essas palavras podem ser ao vento e logo virá o arrependimento. “São proferidas não da alma, mas do sofrimento”.

 

 

Sobre bencaosdiarias

Meu nome é Rita de Cássia da Silva Stracci A criação do blog Bênçãos Diárias, assim como do aplicativo Bênção Diária (disponível para todos os sistemas operacionais (http://app.vc/bencaos_diarias), tem por objetivo o compartilhar devocionais pessoais que faço todos os dias. Em uma linguagem simples para que todos possam entender, busco dividir o aprendizado que tenho meditando na Palavra de Deus.
Esse post foi publicado em Devocional e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s