21 de setembro – Desamparo na cruz

123

E perto da hora nona exclamou Jesus em alta voz, dizendo: Eli, Eli, lamá sabactâni; isto é, Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste?” Mateus 27:46

 

Lá estava Jesus sentindo-se sozinho em meio a toda agonia e dor que sentia. Horas de sofrimento e humilhação, mas parece que o que mais lhe causava dor era a solidão ou o desamparo por parte do Pai. Estava acostumado ao desprezo dos homens, aos questionamentos dos religiosos, à tentação do inimigo, ao desconforto, mas por desfrutar sempre a comunhão com Deus, nada lhe parecia tão doloroso como agora em que carregava na cruz todo o pecado humano e estava só, sem a presença do Pai.

Por pagar o preço pelo pecado humano, pode sentir a ira de Deus sobre si. Era o momento da expiação, do sacrifício e bem agora não podia sentir a força do Pai, o amparo Dele. Já sentiu-se alguma vez desamparado por Deus? embora o Senhor jamais nos desampare, algumas vezes seu silêncio nos pesa como um abandono e nos traz bastante sofrimento. Acontece que é apenas uma sensação humana de desamparo porque Deus, por trás, está agindo e controlando a situação. Mas com Jesus não foi assim. Por causa do nosso pecado, naquele momento de sua morte na cruz, levado todo o peso do pecado humano, Deus, de fato, retirou-se e Jesus estava completamente só por mim e por você. E por isso, do fundo de sua alma gritou: Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste? e Deus somente o estava desamparando porque Jesus estava no lugar dos pecadores.

Toda as vezes que sentir-se desamparado por Deus, lembre-se que o Pai jamais lhe abandonará, ainda que permaneça em silêncio no meio da sua tribulação. Abra os olhos da fé e perceba o agir de Deus mesmo em meio ao silêncio. Lembre-se que somente um foi desamparado de fato por Deus em meio ao sofrimento. Jesus. E isso aconteceu por todos nós. Jesus suportou o peso da cruz e a venceu dando-nos nova chance de viver. Quando esteve desamparado deu-nos a certeza de que jamais desamparados estaremos. Nenhuma sensação de abandono será como a solidão vivida por Jesus na cruz. Mas ele venceu!

Baixe o aplicativo Benção Diária em seu smartfone/tablet ou Iphone/Ipad: http://app.vc/bencaos_diarias .

Disponível na App Store e Google Play

 

Sobre bencaosdiarias

Meu nome é Rita de Cássia da Silva Stracci A criação do blog Bênçãos Diárias, assim como do aplicativo Bênção Diária (disponível para todos os sistemas operacionais (http://app.vc/bencaos_diarias), tem por objetivo o compartilhar devocionais pessoais que faço todos os dias. Em uma linguagem simples para que todos possam entender, busco dividir o aprendizado que tenho meditando na Palavra de Deus.
Esse post foi publicado em Devocional e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s