Arquivo do dia: 28 de agosto de 2016

28 de agosto – Vigie a Boca

Nenhuma palavra torpe saia da boca de vocês, mas apenas a que for útil para edificar os outros, conforme a necessidade, para que conceda graça aos que a ouvem. Efésios 4:29

Nossa boca muitas vezes é um problema. Dela saem coisas muito boas, mas às vezes pode sair coisas terríveis. Palavra torpe é toda aquela que contraria, fere a ética, os bons costumes. Palavra desonesta, imoral, que revela vulgaridade, depravação ou que tem o intuito de ferir, machucar. No grego (sapros) essa palavra era empregada para apontar algo ruim, estragado, decadente, prejudicial, repugnante.

Não adianta ser um erudito ou uma pessoa que fala muito bem a sua língua, se usa palavras para ofender, machucar ou palavras imorais e desonestas, ou simplesmente vive falando coisas que não edificam a vida de ninguém. Como cristãos, devemos cuidar muito bem do que sai da nossa boca porque por meio dela também testemunhamos de Cristo. Muitas vezes, falar coisas inapropriadas se torna um hábito e, sem perceber, adentra-se no mundo do imoral, do escárnio, da imoralidade e até da ilegalidade. É com a boca que pregamos e falamos de Jesus; com a boca abençoamos; com a boca consolamos, oramos. Por que então, permitir que dela saia palavras que entristeçam a Deus? Como disse, é uma questão de princípios, mas também uma questão de hábitos.

Continuar lendo

Publicado em Devocional | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário