13 de agosto – Aflição Compartilhada

homem-orando-a-deus.jpg

Por isso não me calo; na aflição do meu espírito desabafarei, na amargura da minha alma farei as minhas queixas.Jó 7.11

 

O dicionário online define aflição como “sofrimento causado pelo desgosto; tristeza ocasionada por alguma dificuldade.Excesso de preocupação; ansiedade ou angústia.”

Quem já não passou por desgosto, tristeza por conta de uma situação difícil, preocupação, ansiedade ou angústia? se não passou, passará. Gostaria muito de dizer que isso não acontece com quem teme a Deus, mas estaria mentindo se o fizesse. Buscar a Deus acreditando que está livre de todas as aflições é um grande engano. A aflição faz parte da vida de todo ser humano. Com o cristão não é diferente.

Quando estou em aflição, geralmente fico muito quieta e não gosto de falar muito. O coração fica apertado e, algumas vezes, gosto de ficar quietinha, num cantinho, o que raramente é possível. Quem tem marido, filhos ou muitas atividades, sabe do que estou falando. Passamos por aflições e sequer temos tempo de desabafar.

Jó foi um homem que passou por muita aflição. Além da enfermidade que o acometia, sofria a angústia de não entender todo o seu sofrimento e o terrível silêncio de Deus. Jó, no entanto, não se calou. Desabafou, chorou, clamou, gritou, questionou. Ele fez as suas queixas a quem o conhecia profundamente e sabia bem o que estava sentindo. Jó não se envergonhou de despejar seus lamentos diante de Deus.

Não podemos, muitas vezes, nos livrar rapidamente das aflições, mas podemos dividi-las. Carregar sozinho sofrimento, angústia, preocupação só traz malefícios para a alma e para o corpo que padece e acaba doente. É preciso aprender a desabafar o que é diferente de murmurar. A murmuração é reclamação, é dizer que está insatisfeito com o que está acontecendo, é censurar, resmungar. Há uma diferença percebe? o desabafo, a lamentação é apenas manifestar-se sobre o que está sentindo. Descrever a dor da alma, a tristeza que o incomoda e isso é preciso fazer. E podemos dividir com Deus, não reclamar, mas apenas descrever para ele a sua angustia, o que está doendo, entristecendo, preocupando. Deus é nosso socorro. Jesus é nosso amigo. O Espírito Santo é consolador. Deus quer que dividamos com ele as nossas aflições, que confiemos a Ele as nossas dores. Dividir com Deus aliviará a alma.

Baixe o aplicativo Benção Diária em seu smartfone/tablet ou Iphone/Ipad: http://app.vc/bencaos_diarias .

Disponível na App Store e Google Play

 

Sobre bencaosdiarias

Meu nome é Rita de Cássia da Silva Stracci, casada com Carlos Stracci, colaborador do Blog. A criação do blog Bênçãos Diárias, assim como do aplicativo Bênção Diária (disponível para todos os sistemas operacionais (http://app.vc/bencaos_diarias), tem por objetivo o compartilhar devocionais pessoais que faço todos os dias. Em uma linguagem simples para que todos possam entender, busco dividir o aprendizado que tenho meditando na Palavra de Deus.
Esse post foi publicado em Devocional e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s