3 de julho – Ele não está mais lá

download (1)

O anjo disse às mulheres: “Não tenham medo! Sei que vocês estão procurando Jesus, que foi crucificado. Ele não está aqui; ressuscitou, como tinha dito. Venham ver o lugar onde ele jazia. Mateus 28:5,6

Acabei de assistir o filme “A Ressurreição” e parei para pensar que, de faro, logo após a ressurreição de Jesus, ouve uma correria, por parte do Império, para saber o que havia acontecido com o corpo. Os romanos e os religiosos não somente não criam que ele havia ressuscitado como não queriam que o povo cresse. E certamente perseguiram e muito aqueles homens e mulheres que testemunharam a ressurreição.

Fiquei muito tocada, porque, hoje, estamos tão aquém de demonstrar a grandeza de tudo o que aconteceu. Pouco se fala na cruz e na sua verdadeira essência. Muitos mencionam a ressurreição, mas não focam na importância que ela teve. Somos o que somos porque Jesus ressuscitou; seu corpo jamais foi encontrado. Ele é Deus. Naquele dia em que constataram o vazio do seu túmulo houve uma revolução nos corações dos homens e mulheres que com ele andaram. E nada mais foi empecilho para se pregar o amor, a união entre os homens. Era preciso espalhar ao mundo que Deus esteve entre os homens e com eles andou, ensinou, curou e que, após ter sofrido uma morte de cruz, ressuscitou como somente um Deus poderia fazer, para mostrar que venceu a morte e que há muito mais que esse mundo reservado a todos os que creem. Para mostrar que Deus tem um caminho, uma direção, uma ética, um modo de viver e uma vida eterna a oferecer a todos.

Aqueles homens e mulheres quando presenciaram a ressurreição do Cristo passaram a viver como um só; a unidade, o amor, a cumplicidade sobre o que criam eram transparentes em suas vidas.Que lindo viver o evangelho, que lindo o cristianismo.Quanto amor, quanta união, quanto compartilhamento. Eles já não precisavam mais ir ao túmulo procurar o corpo de Jesus. Ele não estava mais atrás daquela pedra. Ele estava vivo entre eles. Tudo o que ensinara fazia sentido agora e eles iriam difundir essa mensagem ao mundo.

Aquele Jesus é o mesmo de hoje. A mensagem é a mesma pregada naquela época. A essência do evangelho continua a mesma e nós discípulos? ainda se pode achar fervor, empolgação, desprendimento, altruísmo, amor, fé? qual mensagem do evangelho é viva na minha vida a ponto de todos perceberem? Vamos acordar? Ele não está mais lá naquele túmulo. Ele ressuscitou. Ele é a razão de sermos quem somos. Levantemos e abracemos o evangelho puro, desinteressado, o evangelho do amor. Jesus está vivo!

Baixe o aplicativo Benção Diária em seu smartfone/tablet ou Iphone/Ipad: http://app.vc/bencaos_diarias

Sobre bencaosdiarias

Meu nome é Rita de Cássia da Silva Stracci A criação do blog Bênçãos Diárias, assim como do aplicativo Bênção Diária (disponível para todos os sistemas operacionais (http://app.vc/bencaos_diarias), tem por objetivo o compartilhar devocionais pessoais que faço todos os dias. Em uma linguagem simples para que todos possam entender, busco dividir o aprendizado que tenho meditando na Palavra de Deus.
Esse post foi publicado em Devocional e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s