Arquivo do dia: 11 de junho de 2016

11 de junho – O bem acima de tudo

Noutra ocasião ele entrou na sinagoga, e estava ali um homem com uma das mãos atrofiada. Alguns deles estavam procurando um motivo para acusar Jesus; por isso o observavam atentamente, para ver se ele iria curá-lo no sábado. Jesus disse ao homem da mão atrofiada: “Levante-se e venha para o meio”. Depois Jesus lhes perguntou: “O que é permitido fazer no sábado: o bem ou o mal, salvar a vida ou matar? ” Mas eles permaneceram em silêncio. Irado, olhou para os que estavam à sua volta e, profundamente entristecido por causa dos seus corações endurecidos, disse ao homem: “Estenda a mão”. Ele a estendeu, e ela foi restaurada. Marcos 3:1-5

Os religiosos da época de Jesus viviam à procura de um motivo que pudesse incriminá-lo. Queriam a todo custo, achar uma falha em Jesus; ansiavam por mostrar que ele era um falso mestre e não cumpridor da lei. No entanto, Jesus que também, como aqueles religiosos, bem conhecia a lei, não se apegava à tradição religiosa em detrimento do sofrimento humano. Para ele, importava mais salvar uma vida. Nada era mais importante do que isso.

Aqueles homens da lei, embora tivessem pleno conhecimento da Torah, eram indiferentes às dores humanas, aos necessitados. E, Jesus, contrariando-os, valorizava demais o ser humano, tanto que deu sua vida por ele. O evangelho, para Jesus, era prático e deveria ser vivido e não somente pregado. Ninguém poderia ficar refém de uma lei. O sábado foi criado para o homem e não o homem para o sábado (Marcos 2.17). Na verdade, Jesus não descumpria a lei, mas dava um novo significado a ela. Isso incomodava demais àqueles homens acostumados apenas a estudar a lei e seguir regras, ignorando as verdadeiras necessidades dos homens. Continuar lendo

Publicado em Devocional | Marcado com , , , , | Deixe um comentário