23 de janeiro – Primeiro Degrau para a Felicidade

 

Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus; Mateus 5.3

A felicidade é a busca comum de todo ser humano desde sempre. Jesus certa vez subiu ao monte e entre todas as maravilhas que ensinou, deu o conceito do que é ser feliz  e como deve ser o caráter daqueles que verdadeiramente buscam o Reino de Deus.

Existem marcas no caráter daquele que é feliz. Essa felicidade,contudo, não é segundo os padrões da sociedade em que vivemos. São padrões de Deus que em toda a sua sabedoria sabe exatamente do que verdadeiramente precisamos para alcançar a felicidade. Enquanto somos bombardeados todos os dias a respeito de uma felicidade em ter e possuir, Jesus aponta a felicidade em ser.

E feliz é o pobre de espírito, não o pobre financeiramente, o que carece de recursos, mas o que carece da graça de Deus porque reconhece a sua miserabilidade diante do Criador. O grande pregador Charles Spurgeon disse que para que uma escada possa ser útil, é preciso que tenha seu primeiro degrau perto do chão. É preciso se reconhecer nada para ser preenchido do tudo de Deus. Enquanto não deixamos de lado o eu, não há como ser preenchido pelo Pai.

É preciso se desnudar e se revelar nu diante de Deus para ser por Ele vestido com as vestes celestiais. Enquanto não há reconhecimento dessa pobreza espiritual, dessa carência da graça e misericórdia, não há como ser feliz. Os orgulhosos de nada precisam porque bastam a si mesmos. Mas os humildes sabem que nada podem ser em si mesmos.

A humildade é a primeira das bem-aventuranças porque é o primeiro degrau para se alcançar as demais virtudes do caráter cristão. Pense: para que serve o orgulho? Para afastar do homem a felicidade. Por isso, feliz é quem procura alcançar a humildade e dela se preencher.

Quando estamos completamente arruinados, estamos próxi mos de ser enriquecidos com as riquezas da graça. Fora de nós mesmos estamos a um passo de estar em Cristo. Onde nós chegamos, começa a misericórdia; ou melhor, a misericórdia já começou, e a misericórdia já tem feito muito por nós quando estamos no nal de nosso mérito, de nosso poder, de nossa sabedoria e de nossa esperança” (Charles Spurgeon).

Cidadão do Reino: Você quer ser feliz? Então, esvazie-se de você mesmo, reconheça-se miserável diante de Deus e o quanto Dele precisa e passe a depender do unico pelo qual pode experimentar a verdadeira felicidade.

 

Baixe o aplicativo Benção Diária em seu smartfone/tablet ou Iphone/Ipad:
http://app.vc/bencaos_diarias

Sobre bencaosdiarias

Meu nome é Rita de Cássia da Silva Stracci A criação do blog Bênçãos Diárias, assim como do aplicativo Bênção Diária (disponível para todos os sistemas operacionais (http://app.vc/bencaos_diarias), tem por objetivo o compartilhar devocionais pessoais que faço todos os dias. Em uma linguagem simples para que todos possam entender, busco dividir o aprendizado que tenho meditando na Palavra de Deus.
Esse post foi publicado em Devocional e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s