Dica do Blog: Separação – J.C.Ryle

 

Quando Paulo diz, “Saiam e se apartem”, ele não quis dizer que cristãos devem desistir de todas as suas vocações, comércios, e negócios seculares. Ele não proibiu os homens de serem soldados, marinheiros, advogados, médicos, comerciantes, bancários, lojistas, vendedores de porta em porta. Não há um palavra no Novo Testamento para justificar uma conduta como esta. Cornélio o centurião, Lucas o médico, Zenas o advogado, são exemplos do contrário. Ociosidade em si é um pecado. Uma ocupação legal é um remédio contra a tentação. “Se alguém não quer trabalhar, também não coma” (2Ts 3:10). Desistir de qualquer atividade da vida que não seja algo necessariamente pecaminoso, para os ímpios ou do diabo, ou pelo medo que  algum mal venha dele, é uma conduta preguiçosa e covarde. O plano correto é carregar nossa fé para dentro das nossas atividades, e não desistir delas sobre um pretexto infundado de que isso interfere em nossa fé.

 

Esse livro é incrível.  Apesar de escrito (em forma de sermão) no século XIX, consegue ser atual.

Separei um trecho em que Ryle adverte sobre uma das coisas que não significa separação do mundo (no sermão ele aborda outras). Deixar de exercer uma profissão para não se “misturar com o mundo”. Ele sabiamente lembra que devemos exercer a nossa fé em nossas profissões, mostrar Cristo no meio em que trabalhamos, seja qual for.

Gostei muito disso porque me parece que os cristãos estão esquecendo de levar Jesus em suas atividades quando saem de casa. A separação de que trata a Bíblia não é apenas estar em grupo de cristãos adorando, dentro de um templo, convivendo apenas com outros cristãos. A separação do mundo aponta para a nossa conduta, a nossa ética, que deve ser diferente do que a sociedade impõe. E isso mostraremos em qualquer lugar que estivermos, cumprindo as nossas tarefas também como cidadãos. Aliás, pouco adianta se eu exercer minha fé dentro da comunidade religiosa e ao sair de lá esquecer o caráter de Cristo.

Vivemos uma crise ética em nossa país e na minha simples opinião, porquanto não sou especialista no assunto, a corrupção no Brasil é um problema tão sério e tão cultural que até mesmo os cristãos que deviam ser diferentes e “separados” em suas condutas, são atingidos por essa crise. Às vezes sinto-me envergonhada por atitudes de cristãos (não sei se verdadeiros ou não) que demonstram caráter duvidoso em todas as suas relações.

Recomendo esse livro e, particularmente, esse trecho, me fez refletir o quanto é importante nós profissionais liberais, professores, médicos, advogados, comerciantes, empresários, empregados domésticos, engenheiros, mestres de obras, funcionários públicos e tantos outros profissionais sermos separados como cristãos mostrando dentro daquilo que fazemos a pessoa de Jesus, evidenciando atitudes e ética verdadeiramente cristãs.

Faça o download e lei em seu tablet ou celular: 

https://bencaosdiarias.com/e-books

SEPARAÇÃO – livro-ebook-separacao– J. C. Ryle

 

Sobre bencaosdiarias

Meu nome é Rita de Cássia da Silva Stracci, casada com Carlos Stracci, colaborador do Blog. A criação do blog Bênçãos Diárias, assim como do aplicativo Bênção Diária (disponível para todos os sistemas operacionais (http://app.vc/bencaos_diarias), tem por objetivo o compartilhar devocionais pessoais que faço todos os dias. Em uma linguagem simples para que todos possam entender, busco dividir o aprendizado que tenho meditando na Palavra de Deus.
Esse post foi publicado em Dicas do Blog e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s